Sbras.Blog - O Jornalismo do Cidadão contra a Ditadura do pensamento único............................Publicação esporádica e ocasional que procura levar aos leitores informação sobre assuntos sociais, culturais, religiosos, políticos, desportivos, escolares, de saúde, de segurança, do património, do ambiente e outros, sobre o concelho de S. Brás de Alportel..................................Independente do poder politico e económico, aqui lê-se nos acontecimentos os sinais do tempo e presta-se atenção aos recantos mais ignorados.................................. Aqui ouve-se os anseios, aspirações ou queixas da população para a divulgação de informações e noticias de carácter não especializado........................................ Pseudo-jornalismo de Intervenção, de Proximidade e de Conveniência na defensa do interesse comum e o prestigio e desenvolvimento do concelho........................................Talvez por isso este seja único blog que a Câmara Municipal de S. Brás de Alportel não permite o acesso!...............................................

31 dezembro 2005

As Utopias de António Eusébio

Em entrevista ao Jornal Região-Sul, António Eusébio fala sobre as "grandes obras" do Concelho.

RS - Quando se prevê estar concluído o Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul? Como obra transversal e de âmbito regional, que benefícios pode trazer para São Brás de Alportel?

AE - Pelas informações de que a Câmara Municipal dispõe, o projecto continua a avançar a ritmo normal. A previsão será de que a obra estará concluída no início do segundo semestre de 2006.
Trata-se de um projecto estruturante para o concelho são-brasense e para o Algarve. É um centro que, mesmo para a região sul do País, vai dar resposta a uma necessidade que não existe. De alguma forma, pode contribuir para a dinamização e desenvolvimento económico de São Brás, porque garantirá emprego a mais de 200 pessoas. Essas pessoas vão gerar e acarretar outra dinâmica.

SBABLOG - Sendo esta uma obra onde a Câmara Municipal não teve ou virá a ter participação não vemos como poderá o Sr. Presidente prever a sua conclusão!... Está é uma pergunta que deveria ser feita ao Ex. Sr. Presidente do C.A. da Administração Regional de Saúde do Algarve. (Clique Aqui)
Quanto a contribuição que esta obra poderá trazer para a dinamização e desenvolvimento económico do Concelho certamenta será parecida, senão igual, à instalação em S. Brás do Parque de Manobras da DGV, ou seja NENHUMA (pelo menos até agora, varios anos depois).
Empregos só para pessoal qualificado. O numero de postos de trabalho criados e que possam ser ocupados por São-Brasenses não vai superar a dezena.

RS - Em relação à ligação de São Brás à Via do Infante, em que passo segue esse projecto?

AE -
Está na fase de execução. O estudo-base já foi aprovado. Neste momento, encontra-se a decorrer a caracterização dos solos, para que a equipa técnica tenha dados para proceder à execução das pontes e viadutos necessários.

Segundo o Instituto de Estradas de Portugal, até final do ano de 2006, deverá estar pronto o lançamento do concurso.

SBABLOG - Até a data António Eusébio tem se esquecido de dizer que este Projecto é da Câmara Municipal de Faro, principal interessado nesta obra e dinamizador do Projecto.
(Estudo de Impacto Ambiental aqui) (Ministro anuncia obra, aqui)
Como vem sendo hábito, ultimamente, António Eusébio apenas diz o que lhe interessa e vai fazendo campanha com as obras dos outros!... Esperavamos mais de si, Sr. Presidente.

RS - Faro, Loulé e Olhão têm estado envolvido em projectos inter-municipais. Qual o papel de São Brás nesta zona central do Algarve.

AE -
Actualmente, São Brás já começa a fazer parte do quadrilátero central da região algarvia. Há projectos estruturantes, que fazem parte dos vários concelhos, nomeadamente o saneamento básico.

Neste município, o projecto está em execução, devendo ficar concluído a meio de 2006. A nível ambiental, é um dos mais importantes feitos no concelho.

O abastecimento de água já tinha sido outro exemplo desse envolvimento, tal como o tratamento dos resíduos sólidos.

Por isso, para aproveitarmos melhor os fundos comunitários que vêm do IV Quadro Comunitário de Apoio, poderão vir a surgir outras estruturas que aproximem os quatro concelhos

SBABLOG - O verdadeiro papel de S.Brás nestes projectos é o de parceiro espectador e silencioso, aproveitando tudo o que lhe apresentam. O que já é muito bom!
Não dá trabalho e apresenta Obra, o que serve perfeitamente os interesses do Executivo São-Brasense. (Leia aqui)

In "Região Sul" excepto os nossos comentários.

28 dezembro 2005

Mais de 10 milhões de euros no orçamento de São Brás


Os 10.816.256 euros, em termos exactos, correspondem "a um valor ligeiramente menos elevado do que o valor orçamentado para 2005", dado ser "elaborado numa fase particularmente delicada da conjuntura comunitária e nacional, em fase final do III Quadro Comunitário de Apoio, cujas verbas se encontram quase esgotadas".

A solidariedade é "a linha de acção prioritária no projecto preconizado pelo executivo de maioria socialista". Para 2006, os investimentos centram-se no objectivo de dotar o município "de mais e melhores respostas sociais": o pleno funcionamento do Centro de Apoio à Comunidade; a adaptação de edifícios para centros comunitários; a aquisição de terrenos e imóveis para habitação social; a concretização de obras de reparação no Bairro Social João Rosa Beatriz; e a construção a custos controlados, são as principais medidas.

No projecto "Novos Desafios", o desporto é a segunda área mais beneficiada, com o propósito de dar início à implementação do Parque Desportivo Municipal, que na sua 1.ª fase contempla a construção das Piscinas Cobertas. Para 2006, outro "investimento importante" nesta área é a construção de um Polidesportivo no Bairro Social João Rosa Beatriz.

A educação "continua a assumir-se como uma área de intervenção prioritária", detendo cerca de 17% das verbas do orçamento, valor que contempla, para além de todos os serviços decorrentes do normal funcionamento do 1º ciclo e pré-escolar, competências do município, o apetrechamento informático da nova escola, a melhoria de equipamentos nos vários estabelecimentos educativos, e uma aposta clara na qualidade de ensino, com a diversificação de áreas de formação, ao dispor das crianças.

Ao nível da saúde, e para além da continuidade do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido, através da Unidade Móvel de Saúde, em 2006 a autarquia pretende incrementar respostas na área da acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, no âmbito do Projecto "Caminhos para todos" e ao nível de edifícios municipais e o arranque de projectos na área da prevenção, desenvolvidos em parcerias, que envolvem a comunidade.

A segurança e ordem pública contam com um acréscimo de investimentos na ordem dos 80%, relativamente ao ano de 2005. Ao nível da protecção civil e da luta contra incêndios, assume relevância a prossecução do Plano de Prevenção Contra Fogos Florestais, numa área que sofre um incremente de investimento de 7,5%.

O ordenamento do território e a renovação urbana assumem a terceira linha de força do orçamento, apostando "na melhoria das vias de comunicação e nas acessibilidades ao município". São o caso das verbas para construir a 2.ª fase da Circular Norte e para desenvolver projectos de renovação das entradas, com a reabilitação da Entrada Norte de São Brás de Alportel, pela EN 2, o arranque da execução do Plano de Pormenor do Terminal Rodoviário, com a renovação da entrada sul, desde a rotunda da Calçada ao Largo S. Sebastião.

O saneamento e abastecimento de água são áreas que assumem especial relevância neste quadro financeiro, com investimentos avultados, como a conclusão da ligação de São Brás ao Sistema Multimunicipal de Saneamento do Algarve.

Entre muitas outras áreas, destaque-se, ao nível do desenvolvimento económico, a "importante obra de modernização do Mercado Municipal e aposta no desenvolvimento da indústria e comércio, mediante a aquisição de terrenos e a elaboração de projectos de execução para loteamentos industriais".

Nota da Redacção:

Sinceramente não acreditamos que António Eusébio consiga realizar tudo o que promete aos São-Brasenses.
... O tempo o dirá.


19 dezembro 2005

Eusébio diz não ao Julgado de Paz

...Para já, não é de modo algum possível instalar em São Brás um Julgado de paz, uma proposta apresentada pelos vereadores do PSD, na oposição, num município de 10.000 habitantes, que não tem dimensão demográfica para este tipo de resposta, sem referir os custos insuportáveis com a instalação de uma tal resposta”, afirma António Eusébio.

Refira-se, a este propósito, que a instalação de um Julgado de Paz implicaria, por parte da Câmara Municipal, elevados custos ao nível de instalações, mobiliário e equipamento. As instalações, que nunca poderão ocupar uma área inferior a 180m2 incluem uma sala para julgamento, um gabinete para os mediadores, uma sala de atendimento e uma sala de espera com insonorização acústica; e no que se refere ao pessoal, a Câmara teria que suportar os encargos decorrentes da contratação de 2 funcionários administrativos e 2 juristas ou solicitadores, despesas que se estimam em perto de 60.000 euros (mais de 11.000 contos) anuais.

Na totalidade, falamos de uma despesa inicial na ordem dos 250.000 euros (cerca de 50.000 contos).

by: Marlene Guerreiro/CM SBA
in: Todos os Jornais Regionais, Junho 2oo4

NOTA DA REDACÇÃO:
Como era uma proposta da oposição, não interessava! Em vez disso o Câmara Municipal assinou um protocolo com CIMAAL - Associação Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve com objectivo proporcionar aos munícipes, consumidores e agentes económicos de São Brás de Alportel, o acesso a um serviço de resolução extrajudicial de conflitos de consumo e de informação sobre Direito do Consumo. Inicialmente, o protocolo prevê que a CIMAAL, sedeada em Faro, disponibilize um jurista/mediador semanalmente, durante meio-dia, para atendimento, prestação de informações e realização de sessões de mediação entre as partes em conflito no concelho de São Brás de Alportel.
Só não sabemos se alguma vez funcionou!... é possivel que tenha sido apenas mais uma acção para tapar os olhos da malta.

18 dezembro 2005

O Preço Certo

O leitor identificado como "Ambientalista" escreveu-me a perguntar quanto custou a viatura que lava e aspira as estradas, adquirida pela Câmara Municipal no inicio de 2004?

Este equipamento foi adquirido em finais de 2003 à empresa Certoma, Lda, pelo valor de €84.549,00 + IVA. (20 mil contos). ver link.

NOTA REDACÇÃO:
É verdade amigo, Vinte mil contos!... para aspirar o alcatrão onde passam os carros?!... e a mer** de cão nos passeios, quem limpa?!.... Já todos sabemos: os pés dos incautos é claro!
Amigo "Ambientalista" relativamente ás considerações pouco abonatórias feitas ao executivo da Câmara, só lhe posso dizer que a culpa é toda sua!... Votou neles e 3 meses passados já está arrependido, agora terá que esperar as proximas (só faltam 3 anos e nove meses)

17 dezembro 2005

Derby Local acaba num Empate

União Sambrasense - 2 - 2 -Desportivo de Machados

No passado dia 10 de Dezembro União Sambrasense e Desportivo de Machados voltaram a encontrar-se desta vez para o Campeonato Distrital da 1ª Divisão tendo-se registado um empate a 2 bolas ficando assim devidos os pontos em disputa, num emocionante jogo em que os Machados começaram por marcar primeiro tendo o Sambrasense empatado ainda na primeira parte Na segunda parte o Sambrasense marcou o segundo golo e quase no final da partida o Machados empatou.

in "Noticias S.Braz"

Futebol dos Miúdos - Sociedade 1º Jan.

Iniciados da 1ºde Janeiro receberam a Taça e Medalhas de Campeões de da 2º Divisão

No passado dia 19 de Novembro durante uma festa que teve lugar no Armazém do Sr. Guerra nos Vilarinhos a Associação de Futebol do Algarve fez entrega da Taça e Medalhas aos atletas e dirigentes da Sociedade Recreativa 1º de Janeiro.

Na ocasião foi salientado o esforço e empenhamento dos dirigentes da Sociedade 1º de Janeiro em proporcionar ao jovens sambrasenses, as condições para praticar o futebol entre as camadas mais jovens. Pena é que a Sociedade 1º de Janeiro não receba mais apoio das autarquias e sinta cada vez mais dificuldade em conseguir manter tantos jovens em actividade.

in "Noticias S.Braz"

NOTA DA REDACÇÃO:
...Infelizmente o apoio ás colectividades é feito não pelo trabalho que desenvolvem, mas sim por interesses politico-partidários.
As colectividades do concelho servem os interesses de determinados Partidos Politicos em vez do interesse da população. Os apoios servem determinados grupos, em vez da população! Assim é e assim vai continuar... infelizmente.
Veja os apoios dados pela autarquia ás associações em 2004. (ver link)



Etiquetas:

10 dezembro 2005

São Brás de Alportel inaugura “escola exemplo” 2

Dados da obra:

Dono da obra: Câmara Municipal de São Brás de Alportel
Arquitectura: Arq.º António Correia
Projectos: Gabinete de Apoio Técnico – GAT Faro
Construtora: Construtora Barão, lda
Fiscalização: Câmara Municipal de São Brás de Alportel e Gabinete de Apoio Técnico GAT Faro
Financiamento: PROAlgarve - FEDER
Custo de obra: €901.685,32 + Iva
Descrição: Edifício escolar com 2 pisos, 8 salas de aula e de actividades, sala de expressão, sala de docentes, sala polivalente, biblioteca escolar, refeitório, cozinha e economato, espaços exteriores com zona de recreio, parques infantil, campo polidesportivo e zonas verdes.

Foto da Praxe:

02 dezembro 2005

São Brás de Alportel inaugura “escola exemplo”

Infra-estruturas de grande qualidade acolhem crianças do pré-escolar e do primeiro ciclo.

A primeira dama Maria José Ritta esteve hoje em São Brás de Alportel para presidir à inauguração da Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim-de-Infância e compartilhar com dezenas de crianças a alegria de estar numa nova escola.

Construída em menos de um ano e com um custo de cerca de 1 milhão de euros esta nova infra-estrutura ao serviço da Educação "é um exemplo a seguir" no que toca a infra-estruturas. Está equipada com 9 salas de aulas, divididas em dois pisos, duas salas de actividades, uma sala de expressão, uma sala de professores, uma sala polivalente, uma biblioteca escolar, um refeitório e uma cozinha. A escola acolhe ainda aulas de ensino de inglês, ministrados aos alunos dos 3º e 4º anos do 1º ciclo do ensino básico, projecto que está a ser desenvolvido pela autarquia.

Nos espaços exteriores o verde é dominante, são amplos, com pisos anti-derrapantes, uma zona de recreio, um parque infantil e um campo polidesportivo.

O director Regional de Educação, Libório Correia considerou as instalações "excepcionais", falou da qualidade do parque escolar no Algarve e referiu a valorização e qualificação dos recursos humanos.

O Governador Civil, António Pina sublinhou a ideia do presidente dizendo que "1 milhão de euros é um valor praticamente insignificante quando se investe na Educação". Ligado durante muitos anos ao sector da Educação, António Pina elogiou a qualidade da infra-estrutura e destacou a importância da educação na formação das crianças, onde a completar as matérias escolares devem vir também os valores morais e cívicos.

Após falar sobre o estado da Educação em Portugal e de alguns índices e números menos agradáveis no que concerne ao abandono escolar e à desmotivação dos alunos, Maria José Ritta frisou que a escola deve funcionar como "um mundo intermédio" onde dê gosto aprender e se aprendam a seguir determinadas regras e valores.

Falando da grande sensibilidade do poder local para estas questões, a primeira dama referiu que "este direito à Educação deve ser encarado como uma questão de cidadania e não como uma obrigação governamental".

Falando da escola como primeira instância do saber e de contacto Maria José Ritta falou na importância da ligação das redes sociais, do envolvimento da comunidade e do reforço dos fundos estruturais para a Educação.

Apesar de ter sido inaugurada hoje a escola já está a laborar à mais de uma semana com o pré-escolar. Daqui a algumas semanas os alunos do primeiro ciclo vão passar a ocupar aquele espaço e dar ainda mais colorido a uma escola onde dá gosto ter aulas.

In RegiãoSul - 05/12/2005

Creative Commons License

Estado do Tempo, Gralheira, SB Alportel

E-mail

Firefox 2

Firefox 2

Solidariedade

O nosso Clone?
  • Alma-Algarvia
  • (na versão Câmara Municipal)

  • GDC Machados
  • UDR Sambrasense
  • Grátis

    Grátis

    Depósito do Calvin

    Snoopy

    Tiras do Zero

    Locations of visitors to this page

    Firefox 2

    Get Firefox!

    Alternative Browser Alliance

    StopIE.com - Stop Internet Explorer

    Powered by Blogger

    Local Blogs - Blog Top Sites

    ecoestadistica.com