Sbras.Blog - O Jornalismo do Cidadão contra a Ditadura do pensamento único............................Publicação esporádica e ocasional que procura levar aos leitores informação sobre assuntos sociais, culturais, religiosos, políticos, desportivos, escolares, de saúde, de segurança, do património, do ambiente e outros, sobre o concelho de S. Brás de Alportel..................................Independente do poder politico e económico, aqui lê-se nos acontecimentos os sinais do tempo e presta-se atenção aos recantos mais ignorados.................................. Aqui ouve-se os anseios, aspirações ou queixas da população para a divulgação de informações e noticias de carácter não especializado........................................ Pseudo-jornalismo de Intervenção, de Proximidade e de Conveniência na defensa do interesse comum e o prestigio e desenvolvimento do concelho........................................Talvez por isso este seja único blog que a Câmara Municipal de S. Brás de Alportel não permite o acesso!...............................................

31 julho 2006

30 julho 2006

Unidade Compostagem de Verdes

A Algar anunciou ontem a construção uma Central de Valorização Orgânica e uma Unidade de Compostagem de Verdes, permitindo valorizar matéria orgânica, produzir energia eléctrica e um fertilizante natural.

“Trata-se de uma infra-estrutura que irá contribuir significativamente para o cumprimento dos objectivos comunitários, relativamente ao desvio de matéria orgânica dos aterros sanitários”, sublinhou Hélio Barros, presidente da Algar, em conferência de imprensa à margem da Feira Nacional de Parques Naturais e Ambiente, em Olhão, do qual a empresa é um dos altos patrocinadores.

Localizada em São Brás de Alportel, o investimento nesta infraestrutura ascende a 20 milhões de Euros e, ao permitir a produção de energia renovável, “contribui para um balanço energético positivo, e redução de emissões de gases com efeito de estufa”, relativamente a outras tecnologias de tratamento de resíduos, segundo Hélio Barros.

Em termos tecnológicos a Central de Valorização Orgânico irá funcionar pelo processo de digestão anaeróbia com produção de energia.

Serão canalizados para a Central os RUB’s (Resíduos Urbanos Biodegradáveis) recolhidos selectivamente em restaurantes, cantinas, mercados, hotéis e outros centros produtores.

Quanto aos resíduos verdes, depositados nos Ecocentros e na própria Unidade de Compostagem, permitirão a produção do composto destinado a fertilizante.

Uma das vantagens ambientais deste processo é a recirculação de nutrientes, que conduz à redução do uso de fertilizantes químicos.

O desvio de materiais verdes dos aterros sanitários, por sua vez, contribui para uma maior longevidade destes equipamentos.

Numa primeira fase, a capacidade máxima de processamento de RUB´s será de 20 000 toneladas anuais, podendo atingir 30 000 toneladas por ano numa segunda fase, enquanto a compostagem poderá atingir as10 000 toneladas por ano.

A recirculação de nutrientes, através da aplicação do composto produzido, é também “solução ideal em termos do cumprimento dos objectivos comunitários” de desvio de matéria orgânica dos aterros sanitários, salientou ainda o responsável da Algar.

... Resta-nos agora esperar pelo anúncio por parte do presidente da câmara de mais esta obra estruturante para o concelho, mais valia para o concelho que proporcionará mais empregos e desenvolvimento, num concelho com elevadas preocupações ambientais... ai!... se não fosse este executivo que seria da vila de São Brás de Alportel...

Já a Algar esqueceu-se de mencionar que esta central de compostagem irá servir os 16 concelhos do Algarve... o que será que isso representa para um concelho como São Brás ?...

29 julho 2006

“Cházinho do Costume”

Já há algum tempo que a comunicação social não tinha a regalia de assistir aos habituais discursos políticos de António Eusébio no início e/ou no fim de eventos culturais, desportivos ou sociais que decorrem no concelho.

No entanto o presidente da câmara são-brasense não deixou passar a oportunidade que a apresentação da Feira da Serra 2006, que trouxe ao nosso concelho quase meia centena de jornalistas dos mais diversos órgãos da comunicação social nacional, para fazer o seu conhecido discurso das obras feitas e dos projectos para o futuro.

Apesar de ultimamente ser constante no seu discurso alusões às críticas que lhe têm sido feitas, sem nunca especificar, António Eusébio apresentou desta feita um discurso cheio de confiança e segurança, coisa que lhe tem faltado ultimamente. Talvez já suspeitasse que nós, os principais críticos, estivéssemos presentes na conferência de imprensa.

Contudo nenhum dos órgãos imprensa presentes deu qualquer importância às últimas declarações de António Eusébio, muito por culpa destas já começarem a parecer uma “cassete” com “cházinho do costume”.

Aqui fica a intervenção do Presidente da Câmara Municipal na íntegra:

“Quero agradecer a presença de todos os representantes da comunicação social nesta conferência de imprensa, estendendo este agradecimento a toda a colaboração que tem vindo a ser prestada pela imprensa e pela rádio, quer a nível local, como regional e mesmo nacional, de importância determinante para o êxito deste evento.

Depois de uma tão completa abordagem ao certame, depois de mostrarmos quais as novidades desta edição e de vos convidarmos a uma visita guiada à Feira da Serra, que espero que vos tenha aberto o apetite… pouco me resta acrescentar.

Devo dizer, porém, que é para mim, como Presidente desta Câmara Municipal, uma grande satisfação estar aqui hoje a apresentar mais uma edição da Feira da Serra, um evento que é o maior exemplo da estratégia de desenvolvimento que defendemos para São Brás de Alportel: valorizar o património, legado pelos nossos antepassados e com orgulho transmiti-lo às gerações vindouras; apostar na construção de um futuro sustentável.

A Feira da Serra nasceu no início da década de 90, com objectivo de valorizar o que há de melhor no Algarve Interior: as tradições das gentes do barrocal e da serra, as suas danças e cantares, os seus costumes, as actividades ligadas à agricultura, ao artesanato, à produção mais tradicional; promover a gastronomia, a doçaria. Enfim, como gostamos de dizer, um verdadeiro festival de sons, saberes e sabores da Serra do Caldeirão.

Pretende-se promover o interior algarvio e contribuir para o desenvolvimento de um turismo diferente, de qualidade, assente na valorização do património e na defesa do ambiente.

Esta é uma aposta estruturante para São Brás de Alportel, um concelho que cresceu muito na última década e que continua a crescer… E que para acompanhar este crescimento demográfico precisa de responder às necessidades da população.
(pronto! ligou a "cassete" ... são brás cresceu muito e o dinheiro é pouco!...)

Investimos na educação e nas vias de comunicação, com obras estruturantes para o desenvolvimento como a Variante Sul, a 1ª fase da Circular Norte, a Requalificação do Parque Escolar Municipal e a construção da maior escola do concelho.(... e o desenvolvimento económico que obras estruturantes como o Parque de Manobras da Direcção Geral de Viação ou o Centro de Medicina Fisica e de Reabilitação trazem para o concelho?!... mais desenvolvimento e mais empregos?!...)

Apostámos na valorização do património: na valorização das fontes, na construção de miradouros, na recuperação de moinhos, na sinalização de percursos pedestres e de BTT; investimos na melhoria do ambiente. Melhorámos o cartaz cultural e desportivo do concelho. (sem duvida uma das grandes inovações desta câmara, obras feitas com fundos comunitários organizados e pedidos pela associação in-loco nas quais a câmara apresentou-se como parceiro nos projectos e o presidente como corta-fitas, foi lindo!)

Mas agora precisamos continuar.
E continuar a crescer e a desenvolver o concelho é responder aos desafios de futuro:

> A Solidariedade, o sol que ilumina toda a nossa acção;

> O Desporto, que deve ser para todos, porque é sinónimo de melhor qualidade de vida e de melhor saúde.

A grande aposta é a construção das Piscinas Municipais Cobertas, obra que já se encontra a concurso. (... agora confundiu-nos por uns segundos!... a solidariedade é o sol que ilumina a sua acção e a grande aposta é a construção das piscinas aquecidas?!... o.k. !...)

Não posso deixar de referir que em Janeiro de 2007, ao nível de saúde, teremos uma das mais importantes obra a iniciar o seu funcionamento, que é o Centro de Reabilitação Física do Sul.(...importante obra para o concelho?... deve ser porque vai dar emprego ao dr. correia martins!... até prova em contrário a importância está ao mesmo nível do Parque de Manobras)

> As Vias de Comunicação, onde precisamos de continuar com a 2ª fase da Circular Norte e com a aposta importantíssima da Ligação à Via do Infante. (precisamos?... então não é certo que a vai fazer neste mandato, sr presidente?!... precisar, precisar, precisamos de muitas outras coisas também!)

> A qualidade ambiental. Dentro de poucos meses, poderemos dar início à despoluição das nossas ribeiras, com a entrada em funcionamento do Sistema Intermunicipal de Saneamento. (depois de a Algar pôr a funcionar o sistema intermunicipal, a câmara vai ficar sem desculpas para não proceder a despoluição das ribeiras. Promessa essa que foi feita pessoalmente pelo sr. presidente no ano de 2001 quando se apresentou aos são-brasenses pedindo-lhes que confiassem em si!)

Sabemos que as grandes obras são importantes, mas não pudemos deixar de dar atenção às pequenas obras, e à proximidade dos nossos munícipes, para pudermos cada vez mais, e de forma mais célere, responder aos anseios e preocupações dos nossos munícipes. (... os munícipes continuam à espera de uma explicação cabal acerca da demolição do armazém na rua serpa pinto, e o sr. presidente vem com esta conversa?!... os munícipes querem respostas e não conversa fiada!)

Continuando a valorizar o património, os lugares, continuando a aposta na Cultura, na Educação, combatendo a Exclusão Social e tornando esta terra, não só mais bonita, mais acolhedora, com mais emprego, mais segura onde realmente onde viver sabe bem…

Também a pensar nos são-brasenses e para construir com todos um futuro melhor, vamos no próximo ano implementar uma experiência de orçamento participativo. (o orçamento onde a malta amiga pode dar umas dicas para receberem mais uns trocados em troca de projectos sem qualquer utilidade ou eventos sem qualidade!... esperamos estar enganados!)

Uma das grandes mais valias desta edição da Feira consiste em congregar o envolvimento de agentes económicos que diariamente contribuem para o desenvolvimento do concelho, desenvolvimento pleno, não apenas económico, mas também social, gerando emprego e mais riqueza local.(voltamos ao tema: feira da serra, agora gera emprego?!... confessamos que ficamos curiosos?... quantos empregos criou a feira da serra?... para quantos são-brasenses?... por quanto tempo?!...)

Parceiros na realização deste grande invento, onde não posso deixar de destacar o patrocinador oficial – Intermarché, cujo gerente nos honra com a sua presença.

Antes de terminar, gostaria ainda de vos chamar a atenção para o novo Sítio da Cortiça, a justa e tão merecida homenagem ao sector industrial mais representativo do nosso concelho, onde nasce a melhor cortiça do mundo.

Neste espaço poderemos observar a forma tradicional de trabalhar a cortiça, trabalhando a prancha, recortando-a, e procedendo à sua escolha de qualidade, e por outro lado, observando os produtos de inovação deste sector, a aplicação ao mundo da moda, a forma mais actual e inovadora de trabalhar a cortiça na moda nacional e internacional….

É também neste Âmbito que estará patente a exposição sobre Desertificação e Desenvolvimento Rural, que queremos que sensibilize quem nos visita para a problemática da erosão dos solos, do abandono da serra, da problemática dos fogos florestais, da necessidade de invertermos o passado recente e congregarmos esforços para defender a nossa floresta, riqueza de todos nós."

Terminou assim a conferência de impressa e todos aproveitamos e dê-mos mais uma voltinha à mesa dos canapés... sem dúvida o melhor da apresentação!

28 julho 2006

Feirra da Serra 2006

A Feira da Serra de São Brás de Alportel é o maior evento do concelho e cumpre este ano a sua 15ª edição. De 28 a 30 de Julho, pelo recinto da Escola E.B.2.3. Poeta Bernardo Passos deverão passar cerca de 20 mil pessoas, num evento que tem já o seu lugar reservado na agenda cultural algarvia.


Este ano a Feira tem onze espaços diferentes, onde estão presentes a gastronomia, o artesanato, a música, a dança, a arte equestre, as artes plásticas, entre outros ofícios.
Tudo isto e muito mais, num certame que desafia os sentidos e usa de três imprescindíveis ingredientes – genuinidade, qualidade e diversidade – para revelar as mais bem guardadas tradições das gentes do Sul. Na Feira da Serra nada parece faltar para um fim-de-semana de sonho, à descoberta do Algarve mais genuíno, das suas cores, saberes e sabores!

“Sítio da Cortiça”

A Feira da Serra conta com várias áreas distintas. O novo “Sítio da Cortiça” tem por objectivo estabelecer a ponte entre o passado e o futuro da indústria corticeira, que na actualidade enfrenta novos desafios. No Sítio da Cortiça será possível observar o fabrico manual de rolhas e acompanhar o progressivo processo de industrialização do sector. Poderá ainda compreender como a polivalência deste material permitiu a produção de vestuário e acessórios de moda, colocando São Brás de Alportel no mapa do comércio internacional.

“Aldeia Serrana”

Outro espaço importante é a Aldeia Serrana. Este espaço é considerado o coração da Feira, no qual se podem adquirir as peças do mais genuíno artesanato, feitas com os materiais da região, por mãos que conhecem a mestria do tempo. È também na “Aldeia Serrana” que se podem apreciar os bons produtos da Serra do Caldeirão, como os doces regionais, o mel, a aguardente, os licores, os gelados caseiros, o pão de noz, de cebola ou de sementes, um infindável mundo de aromas, sabores e texturas.

“Encontro de Sabores”

A boa gastronomia também está presente no “Encontro de Sabores”, com sete espaços de restauração e três tasquinhas à portuguesa, onde pode saborear os aromas e paladares da tradicional cozinha Algarvia e Alentejana.

“Praça da Cultura”

Aqui encontram-se artes e saberes. Os artistas algarvios trazem as suas obras e mostram ao vivo o seu talento.

“Encontro de Saberes”

Força viva de uma comunidade, o associativismo está presente na Feira, com um espaço de mostra de actividades e informação de associações locais e entidades regionais. Há ateliers, passatempos, jogos e outras propostas de entretenimento.

“Picadeiro”

No “Picadeiro”, cavalos e cavaleiros fazem as delícias de todos os apaixonados pela arte equestre. Todos os dias, diferentes momentos de animação. O visitante pode até fazer o seu “volteio”, que é como quem diz o baptismo de equitação, para aqueles que querem experimentar a montar estes maravilhosos animais.

“Sítio dos Animais”

Os animais têm um lugar muito especial na Feira da Serra. Espaço reservado à natureza, aqui pode observar e conheçer mais sobre algumas espécies da região e descobrir como ajudar os animais que mais precisam.

“Sítio dos Curiosos”

Este é o espaço preferido da pequenada. Um espaço de animação infantil, preparado para receber os visitantes mais jovens, com um mundo de brincadeiras e actividades à sua espera. Neste sítio mágico, sob a orientação de profissionais de educação, as crianças podem brincar e aprender, com muitas actividades.

“Encontro de Ofícios”

Ao vivo, pode observar os fazeres e afazeres de outros tempos: o moer do trigo, o retirar o mel, o fiar do linho, o trabalhar a palma e o esparto ou o conserto do calçado.

“Sítio do Agricultor”

Um espaço dedicado à agricultura e à arte de amanhar a terra para retirar dela o pão de cada dia. Desde o passado ao presente, pode observar também as novas alfaias agrícolas e as novidades deste sector económico.

“Palco da Feira”

Este é sem dúvida o local de maior animação. A Feira da Serra reserva aos seus visitantes um verdadeiro festival de sons.

Os cabeças de cartaz são:

Na sexta-feira, dia 28 de Julho, o grupo irlandês Glenfiddle irá animar o evento, com o ritmo vigoroso da sua música celta.

Um dos mais conceituados nomes da região, Marenostrum, subirá ao palco na noite de sábado, 29 de Julho, para apresentar o seu último álbum, Almadrava.

Por fim, a encerrar o certame, no domingo dia 30, sobe ao palco o conceituado músico português Vitorino, que animará a Feira da Serra com os seus sons característicos.

Para além destes concertos, estão ainda previstos outros espectáculos musicais onde a música popular e portuguesa são protagonistas.

Uma referência também para o Grupo de Animação de Rua Os Maribondos, que animarão todo o recinto com as suas mirabolantes tropelias e travessuras.

A Feira da Serra tem este ano um orçamento de 125 mil euros. O Intermarché de São Brás de Alportel é o principal patrocinador. Anselmo Saraiva, responsável pela superfície comercial, revelou que “sempre foi intenção estar associado a este evento, porque vivemos de São Brás de Alportel, São Brás de Alportel é que nos faz viver, e temos que ajudar.»

A 15ª Feira da Serra de São Brás de Alportel decorre de 28 a 30 de Julho, com as portas a abrirem pelas 18h00. Os bilhetes diários custam 3€ e está ainda disponível um bilhete para os três dias do certame por 6€.



27 julho 2006

O segundo emprego do presidente

António Eusébio acumula as funções de docente da UAlg à de presidente da Câmara Municipal

(clica aqui na imagem!)

Para todos aqueles que duvidavam que o nosso presidente tem um segundo emprego, e para que não digam que se trata de difamação ou calunia, junto envio horário dos exames da Universidade do Algarve onde António Eusébio lecciona acumulando as funções de docente às de presidente da câmara muitas vezes com horários sobrepostos.


Vejam o exemplo na foto que vos envio, onde se pode ler que os exames da disciplina oficinas de construção do curso de engenharia civil, leccionado por António Eusébio se realizaram no passado dia 16 de Junho às 14:30. Há hora que supostamente devia estar ao serviço dos são-brasenses, António Eusébio estava ao serviço da Universidade do Algarve!... Sem mais comentários.

por: (leitor identificado)


Comprove você mesmo se é legal ou não - tenha uma opinião!
Lei 64/93 de 26.08

Regime jurídico de incompatibilidades e impedimentos
dos titulares de cargos políticos (clica aqui)


26 julho 2006

Bombeiro continua internado

Um dos cinco bombeiros de São Brás de Alportel feridos domingo no despiste de um veículo continua internado no Hospital de Faro com traumatismo crânio-encefálico, mas está estável, disse ontem o comandante da corporação. “Está estável, passou bem a noite, mas vai continuar em observação”, explicou o comandante João Meira.

O responsável referiu também que segundo a informação do director clínico do hospital o bombeiro “não corre perigo de vida, mas poderá ainda ter de ser submetido a uma pequena cirurgia para extracção de um coágulo”. “Infelizmente essa hipótese existe, mas tudo depende da evolução clínica”, disse.

Os outros quatro bombeiros vítimas do acidente, que sofreram pequenos traumatismos e ferimentos ligeiros, tiveram alta na segunda-feira.

O subchefe Pedro Dias, de 35 anos, foi o que sofreu ferimentos de maior gravidade, na sequência do despiste da viatura pesada em que seguiam, quando se dirigiam para o combate a um fogo, no passado domingo, em Tavira.

O despiste do carro de combate a incêndios registou-se após o rebentamento de um dos pneus traseiros, tendo a viatura embatido numa árvore que evitou a queda para uma ravina com mais de dez metros de altura.

A viatura acidentada “ficou irrecuperável”, adiantou João Meira.


Lusa, in: Correio da Manhã

Bombeiros com menos homens

Está livre de perigo o bombeiro ferido com gravidade anteontem na sequência de um despiste com uma viatura de combate a incêndios. O acidente deixou desfalcado o corpo de voluntários de São Brás de Alportel a que pertencia o bombeiro e os outros quatro que também ficaram feridos, embora sem gravidade.

Em plena época de fogos, os cinco «fazem muita falta, até porque são homens muito válidos, da linha da frente», disse, ao JN, o comandante da corporação, João Meira. Os quatro que sofreram ferimentos ligeiros estão de baixa (tinham apenas pequenas escoriações) e desconhece-se quando terá alta o ferido mais grave, de 35 anos. «Está internado na unidade de neurologia e não corre risco de vida», segundo o director clínico do Hospital de Faro, Larguito Claro. Por outro lado, menos uma viatura «faz mossa, mas os bombeiros algarvios estão bem organizados e se precisarmos de ajuda estará disponível um carro de uma outra corporação», acrescentou o comandante.

O despiste ocorreu cerca das 16 horas quando os homens seguiam para um incêndio no concelho vizinho de Tavira. Segundo João Meira, «próximo de uma curva rebentou um pneu e o condutor perdeu o controlo da viatura». Logo após o primeiro embate do veículo na protecção lateral da estrada, três dos bombeiros foram projectados para o exterior. Pedro Dias, 35 anos, chefe da guarnição da viatura, seguia ao lado do condutor. Foi o ferido mais grave por ter sido atingido por um tronco de uma árvore, quebrada com a violência do embate. O veículo tinha sido inspeccionado uma semana antes do acidente.

Marisa Rodrigues in: JN

25 julho 2006

Uma Réstia

IN: BARLAVENTO, POR: GRAMOFONE - (versão integral aqui)

Passarão
O novo homem forte do Hospital de Faro chama-se Severino Carreira, e não é só «forte» porque pesa 102 quilos, mas porque foi eleito para o Conselho Consultivo arrasando os adversários... é claro, com os votos dos socialistas e afins.
Com esta embalagem, quem é capaz de parar o enfermeiro-chefe, agora que até já colocaram Correia Martins na prateleira? O antigo apoiante de Mendes Bota, desde que acertou o namoro com o Bloco de Esquerda, já nem quer a Concelhia de Faro do PSD, porque isso é comida para canários e periquitos e prepara-se para voos mais altos.
Ah passarão!!!

Radiografias
Depois da unidade de radioterapia ter aberto, os deputados socialistas resolveram fazer radiografias no exterior.
Em nome das tais radiografias, andaram a ver o estado do ambiente e visitaram os locais para onde vai o lixo. O aterro da Cortelha, misteriosamente, não foi incluído no programa porque lhes cheirou que qualquer coisa não iria correr bem. Se lá fossem, teriam o pessoal do Caldeirão a preparar-lhes uma grande caldeirada. A lixeira cresce a olhos vistos, cheira mal que tresanda e Seruca Emídio já fez saber que um dia destes salta a tampa do frasco, exigindo que se comece a pensar num novo aterro sanitário, num concelho socialista perto da Via do Infante.

Está na quota
Mandaram Correia Martins para a reforma, mas querem calá-lo oferecendo-lhe um lugar de consultor da administração hospitalar. A presidência do Centro de Medicina de São Brás de Alportel vai para outras mãos, mas há movimentações para que Correia Martins possa ficar por ali colocado. Passou a estar incluído na quota dos 10 por cento de António Eusébio, a preencher por pessoal oriundo do concelho. Ele vai fazer a festa de despedida do Hospital de Faro em Setembro e no mês seguinte, a convite de Dias Loureiro, vai ver como funciona a saúde no Centro de Reabilitação de Reformados de São Paulo (julga-se que no Brasil).


IN: BARLAVENTO, POR: GRAMOFONE - (versão integral aqui)

... António Eusébio põe o dr. Correia Martins na lista dos tachitos a arranjar no Centro de Medicina de São Brás de Alportel???... porque será que não ficamos surpreendidos!!!

Centro de Medicina Física e Reabilitação

O que se poderá esperar do Centro de Reabilitação Física do Sul.
IN: NOTICIAS S.BRAZ,

O Centro de Reabilitação Física do Sul já pronto e que vai acolher a primeira Parceria Público Privada na Prestação de Cuidados de Saúde com abertura já marcada o final do ano poderá vir a ser uma das maiores obras existentes no nosso concelho.

A propósito vamos dar uma olhadela sobre o célebre Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão estrutura similar à agora implantada em S. Brás de Alportel.

Este Centro de Medicina Física de Alcoitão foi inaugurado em 1966 e reabilita anualmente 400 pessoas com a ajuda de técnicos e médicos especializados, e no ano de 2005 prestaram cerca de 3000 tratamentos a doentes em ambulatório e registaram a saída de cerca de 500 doentes reabilitados. Este Hospital que conta com cerca de 144 camas reduziu recentemente a sua lista de espera de 6 meses para 15 dias.

Com doentes de todas as idades tem nos seus serviços de vertebro-mendular e reabilitação de adultos (AVC e traumatismos) os que mais doentes recebem.

Com uma infra-estrutura deste tipo ansiosamente esperada por muitos doentes do sul do país, e os sambrasenses esperançados que esta seja uma mais valia para o desenvolvimento do concelho com a criação de 126 novos postos de trabalho a abertura do Centro de Medicina Física do Sul em S. Brás de Alportel nas antigas instalações do Sanatório Carlos Vasconcelos Porto remodelas e ampliadas é um factor de esperança para todos.

Joaquim M. Dias


... é, vamos ficar à espera ansiosamente pelos tais 10% de empregos para são-brasenses... serão cerca de 12,6 postos de trabalho!... mas ao ritmo que os tachos preenchem as quotas mais dificil vai ficando arranjar um trabalho!... enfim!... o melhor é a malta filiar-se no PS Local!...

Quanto ao desenvolvimento do concelho, esperamos que o Centro de Medicina e Reabilitação do Sul não traga tantas pessoas como o "famoso" Parque de Manobras da Direcção Geral de Viação, pois o comercio local, restaurantes e hoteis não teriam capacidade para servir tanto desenvolvimento. he he he!

23 julho 2006

Bombeiros despitam-se (Actualizado)


Bombeiros despistam-se a caminho de incêndio. Cinco bombeiros foram evacuados para o Hospital Distrital de Faro (HDF).

Rebentamento de pneu causa despiste de viatura dos bombeiros.


Uma viatura da corporação de Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel despistou-se este domingo à tarde, causando ferimentos sem gravidade a cinco elementos, noticiou a Agência Lusa referindo fonte dos Bombeiros.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, o acidente ocorreu cerca das 16:00 horas, na sequência do rebentamento de um pneu da viatura, quando esta se dirigia para o combate a um fogo no concelho de Tavira, que entretanto foi dado como extinto. Os cinco elementos foram assistidos no Hospital Distrital de Faro.

-----------------------------------------

Ao final da noite, em declarações à Antena 1, o director clínico do Hospital Distrital de Faro Larguito Claro referiu que dois dos cinco bombeiros acidentados ainda se encontravam em observação.

Um dos homens terá sofrido um traumatismo crânio-encefálico e encontra-se na unidade de neurocirurgia daquele hospital.

O outro bombeiro sofreu lesões no pavilhão auricular e está em observação na unidade de cirurgia plástica.

Os restantes três homens ficaram feridos sem gravidade.

22 julho 2006

Criminalidade São-Brasense

São Brás é um concelho pacifico!... Quem o afirma são os números.

Segundo dados da GNR São Brás de Alportel este é um concelho com um dos mais baixos índices de criminalidade do país. Pacifico, seguro e tranquilo são adjectivos encaixam perfeitamente na pacata vila de São Brás de Alportel.

Os registos deste ano mostram isso mesmo. Nos primeiros seis meses deste ano houve cerca de 22 assaltos a residências, 13 a estabelecimentos comerciais e apenas 1 assalto a armazém. Foram roubados 25 veículos e assaltados outros 32, houve 82 acidentes que resultaram em 1 morto e 14 feridos ligeiros. Nos registos a violência também tem o seu espaço com 19 queixas apresentas por agressão.

Quanto às contra-ordenações, foram passadas 77 multas (contra ordenações à legislação rodoviária), detectados 10 condutores com excesso de álcool e dois sem carta de condução.


...é, isto visto só pelos numeros realmente dá um aspecto bonito à coisa!...
Quem não se queixa, não faz parte da estatística e contribui para manter a coisa bonita!

21 julho 2006

Medalha de Mérito para o Padre Cunha

Câmara de Tavira atribuiu medalha de mérito municipal - grau prata ao Padre José da Cunha Duarte

No passado dia 24 de Junho dia da cidade de Tavira, a Câmara Municipal distinguiu varias individualidades e associações bem como 13 funcionários.

Uma das individualidades foi o padre José da Cunha Duarte pároco de Santa Catarina da Fonte do Bispo e de S. Brás de Alportel agraciado com a medalha de mérito municipal - grau prata entregue em cerimónia que teve lugar na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos.

O Padre José da Cunha Duarte foi homenageado sobretudo pela acção pastoral, cultural e social que desenvolve na paróquia de Santa Catarina da Fonte do Bispo do concelho de Tavira.

-------------------------------------

Já os são-brasenses parecem ter esquecido de homenagear o Padre Cunha, que dia 07 de Julho celebrou 25 anos de sua nomeação a Pior de São Brás de Alportel, que aconteceu no ano de 1981. Nós não nos esquecemos... para o sr Prior. Parabéns...

20 julho 2006

Pescadores da Serra

O Clube de Caça e Pesca de S.Brás de Alportel
mantém viva a actividade da pesca no concelho.


Durante o período de 13 de Maio a 28 de Maio de 2006 nas Parias do Garrão e Barril disputou-se o Campeonato Regional Individual Pesca Desportiva de Mar.

Neste campeonato participaram 8 pescadores do C.C.P. S. Brás federados a saber. Paulo Apolinário 6º clas. Leonardo Pereira 8º Clas. que subiram á 3ª Divisão Nacional, Emídio Cruz 24 Clas. e Albino Fernandes 30 Clas. mantiveram-se na 1º Divisão Nacional, Arsénio Custódio, Manuel Brito , Bruno Gago e Bonifácio Brito estes descem á 2ª Divisão Regional .


Entretanto continua a ser disputado o XII Campeonato de Pesca Desportiva de Mar Inter- Sócios.
1ª Prova Praia do Garrão 26-02-2006 - 1º Jony Marcelino, 2º Miguel Leal, 3º Jorge Anica, 4º Bruno Gago, 5º Luís Gomes.
2ª Prova Molhe do Farol 12 –03-2006 1º Albino Fernandes, 2º Rogério Rafael, 3º Leonardo Pereira, 4º António Fernandes, 5º Emídio Cruz.
3º Prova Praia da Manta Rota 09-04-2006 1º Albino Fernandes, 2º Jorge Anica, 3º José Júlio Gago, 4º Emídio Cruz, 5º João Nascimento.
4ª Prova Molhe de Vilamoura 11-06.2006 1º Rogério Rafael, 2º Emídio Cruz, 3º Bruno Gago, 4º Albino Fernandes, 5º Luís Gomes

in Notícias de S. Braz,

19 julho 2006

PROCURA-SE.... já apareceu!!!

ENCONTRA-SE
NAS PAPELARIAS E QUIOSQUES

...quem quiser pode ir comprar!...

18 julho 2006

Opinião Leitores - Freguesias?


DEIXA A TUA OPINIÃO NOS

15 julho 2006

Freguesia sem representação

Freguesia sem representação na Assembleia Municipal

A Freguesia de São Brás de Alportel não tem representação na Assembleia Municipal, segundo do presidente da Mesa da Assembleia Dr. Correia Martins.

Na reunião da Assembleia Municipal do dia 22 de Janeiro do corrente ano, antes da ordem do dia debateu-se a criação de uma nova freguesia em resposta à intenção do governo de extinguir a actual freguesia de São Brás de Alportel. Apresentadas as diligências feitas no sentido de repudiar as declarações feitas à imprensa pelo Secretário de Estado Eduardo Cabrita em Outubro de 2005 nas quais referia ser uma possibilidade a extinção da freguesia de São Brás de Alportel, a AM aprovou por unanimidade iniciar o processo que conduza à criação de uma nova freguesia para o concelho – A Freguesia do Alportel.

Depois da discussão do assunto entre os representantes dos vários partidos representados na AM houve a habitual intervenção do (pouco) público presente. Uma munícipe questionou a Assembleia sobre a actual “pressa” para a criação da nova freguesia quando este é um assunto remonta a década de oitenta, aproveitou ainda para perguntar aos presidentes da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia, presentes na assembleia, porque razão não eram delegadas competências na JF. A munícipe alegou que sem competências a JF funciona mal. Como poderiam funcionar duas freguesias?

O Presidente da JF, Sr. David Gonçalves, prontificou-se a responder à questão, sendo prontamente interrompido pelo Presidente da AM, Dr. Correia Martins, que afirmou que o Sr. David não tinha que responder à questão uma vez que essa seria reencaminhada para o Presidente da Câmara Municipal e a resposta seria enviada via correio para a munícipe. De nada valeram os protestos da munícipe que alegou não haver necessidade de ser remetida uma resposta por escrito quando a resposta poderia ser dada no momento dado que estavam presentes quer o presidente da câmara quer o presidente da freguesia.

O Dr. Correia Martins manteve a sua posição informando a munícipe que o Sr. David não estava naquela assembleia para responder às questões dos presentes.

O período destinado ao público presente continuou com a intervenção de outro munícipe que fez algumas sobre o PROT Algarve que foram prontamente respondidas pelo Presidente da CM, continuou a sua intervenção com algumas observações ainda sobre o PROT acabando por ser convidado pelo Presidente da AM a participar nas reuniões que iram ter lugar brevemente, sitio onde poderia dar o seu contributo sobre o assunto.

Nesta altura, Sr. Ivo Tomé (PSD) pediu a palavra e confrontou o Dr. Correia Martins com a interpretação que o presidente da mesa estava a dar ao regimento da Assembleia Municipal, uma vez que tinha impedido o Presidente da Câmara e o Presidente da Junta a responder às questões postas pelo primeiro munícipe e permitido o dialogo aberto entre o segundo e o Presidente da Câmara Municipal.

Dr. Correia Martins, visivelmente incomodado com a questão, tentou deixar claro que no caso do segundo munícipe não se tratou de esclarecer o munícipe mas sim convida-lo a participar nas reuniões públicas sobre o PROT que iram ter lugar brevemente. Seguiu-se uma intensa troca de impressões entre o membro da assembleia sr. Ivo Tomé e o dr. Correia Martins sobre a qualidade em que o sr. David Gonçalves (Presidente da Junta de Freguesia) se encontra naquela assembleia.

Prevaleceu a opinião do Dr. Correia Martins que estabeleceu que a presença do Sr. David Gonçalves naquela Assembleia é a de um membro do órgão e não na qualidade de presidente da Junta de freguesia.

(CLICA NA IMAGEM PARA AMPLIAR)

A opinião do Presidente da Assembleia não mereceu qualquer contestação, nem por parte dos partidos representados nem por parte do Sr David Gonçalves o que deixa a Assembleia Municipal sem o representante da Freguesia. David Gonçalves único membro da Assembleia Municipal que não foi eleito para aquele órgão, tendo nele assento por inerência ao cargo que ocupa na freguesia, deixa assim de ser o representante da Freguesia na Assembleia Municipal para ser um elemento (independente) que se senta na bancada do PS!

.... Assim decorre a vida politica no nosso concelho!

ESTE EPISÓDIO DA TELENOVELA POLITICO-SAMBRASENSE PODE SER LIDO NA
ACTA N.º 1/2006 DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL


Indignados pela possibilidade da extinção da freguesia, os nossos autarcas pedem explicações ao governo. Para isso quer a Câmara quer a Freguesia, elaboram carta onde expõe as razões porque o concelho deve manter a freguesia. No entanto não existe nessas cartas uma única linha a falar sobre a freguesia. Enaltecesse o crescimento, o desenvolvimento, a história do concelho, sempre o concelho, não houve sequer o cuidado de fazer menção à freguesia, o quanto cresceu, o quanto se desenvolveu, a sua (pouca) intervenção na sociedade são-brasense, etc.

Depois assiste-se à despromoção na Assembleia Municipal do Presidente da Junta de Freguesia, agora transformado num “simples” elemento daquele órgão, deixando a Freguesia de ter qualquer representatividade no Concelho.

…E ainda querem que acreditemos que a criação de novas freguesias, é do interesse dos são-brasensenses?... Neste momento parece-nos que apenas favorece os interesses da classe politica são-brasense!... mais tachos!

A fim de não perderem a pouca credibilidade que vão tendo, era conveniente que os nossos autarcas tomassem conhecimento da Lei das Autarquias Locais – Lei n.º 169/99 de 18/9 que estabelece o regime jurídico do funcionamento dos órgãos dos municípios e das freguesias assim como as respectivas competências.

Também era importante que, quer o Dr. Correia Martins presidente da Assembleia Municipal, quer o Sr. David Gonçalves presidente da Junta de Freguesia lessem a referida lei, especialmente no que se refere às competências do Presidente da Junta de Freguesia evitando assim que as suas actuações nos órgão municipais se pautassem pelo profundo desconhecimento da lei que os regulamenta.

Segundo a alínea c) do n.º1 do Artigo 38.º da Lei 169/99 o Presidente da Junta de Freguesia, representa obrigatoriamente a junta no órgão deliberativo da freguesia e integra, por direito próprio, o órgão deliberativo do município (leia-se Assembleia Municipal), comparecendo às sessões, salvo caso de justo impedimento, situação em que se faz representar pelo substituto legal por ele designado.

Já o n.º 1 do Artigo 42.º estabelece que a Assembleia Municipal é constituída pelos presidentes das juntas de freguesia e por membros eleitos pelo colégio eleitoral do município.

http://www.verbojuridico.net/legisl/outros/autarquias_locais.html

14 julho 2006

Promoção da Saúde nas Escolas


Boas práticas alimentares são-brasenses divulgadas pela
Rede Europeia de Escolas Promotoras da Saúde

A Rede Europeia de Escolas Promotoras da Saúde lançou o número 9 da revista Network News, onde são divulgadas as boas práticas desenvolvidas pelas escolas que fazem parte da rede em 43 países.

Em destaque está o trabalho do Centro de Saúde de S. Brás e da Equipa de Saúde Escolar na área da Promoção da Saúde nas Escolas.

Neste número destaca-se a publicação de um artigo sobre o Projecto de S. Brás de Alportel, desenvolvido pelas Escolas e pelo Centro de Saúde, sobre Alimentação Mediterrânica.

Neste número poderá ainda encontrar artigos sobre dietas saudáveis e políticas nutricionais nas escolas, fazer amigos através do desporto e de jogos, auto-promoção da saúde dos estudantes, actividade física na escola, alimentação e boa forma física.


* Nutrição nas Escolas - Fev. 2006

11 julho 2006

Romeno agride GNR

Espancou dona de geladaria e resistiu à detenção

Um romeno, de 29 anos, foi detido pela GNR de São Brás de Alportel, anteontem à noite, acusado de ter praticado vários distúrbios numa geladaria da vila e de ter resistido, com violência, à detenção. Agrediu os militares a soco e partiu, ao pontapé e cotovelada, os vidros da viatura militar.

Os desacatos começaram na geladaria na Avenida da Liberdade, onde o romeno agrediu a estalo e socos na cara a proprietária, que teve de receber assistência no Hospital de Faro a vários ferimentos sofridos na cara.

“Vi o romeno atirar uma garrafa de cerveja para o chão”, conta um cliente da geladaria, que pediu o anonimato. Quando a proprietária interpelou o romeno, este “respondeu com uma chapada na cara da senhora”, disse. Não satisfeito e quando ameaçado com a chamada da GNR, “desatou aos socos na cara da dona da geladaria, fugindo de seguida”.

Na fuga, a pé, pelas ruas da vila, o romeno foi perseguido por vários clientes da geladaria, só sendo alcançado cerca de 500 metros depois, perto do posto de combustíveis na antiga estrada para Lisboa. “À chegada dos dois militares da GNR, entretanto chamados pelos populares, agrediu-os a soco e pontapé”, afirma a testemunha, que viu ainda, já dentro do jipe, o romeno “partir dois vidros da viatura à cotovelada e pontapé”, seguindo depois para o Hospital de Faro, para ser tratado aos ferimentos sofridos durante o incidente.

in Correio da Manhã, por Teixeira Marques

08 julho 2006

Voluntariado Jovem para as Florestas

Três centenas jovens podem inscrever-se no Algarve no Programa Voluntariado Jovem para as Florestas. Já existem projectos em marcha para iniciar no Verão.

O Instituto da Juventude de Faro (IPJ) viu triplicar a quota de candidatos a apoiar no Programa Voluntariado Jovem para as Florestas, podendo este ano recrutar cerca de três centenas de jovens, que se integrarão em pelo menos quatro projectos já aprovados no Algarve.

Em Julho, serão três os projectos que vão avançar em Faro (Bombeiros Voluntários), Silves e S. Brás de Alportel (câmaras municipais). Também em Agosto vai iniciar-se um projecto em Lagos sob a orientação da autarquia.

Os jovens interessados deverão ter entre 18 e 30 anos e inscrever-se no IPJ até 31 de Agosto. Depois do preenchimento de um formulário e da sua aceitação os candidatos usufruirão de um seguro de acidentes pessoais, uma bolsa diária de participação e a equipamento.

07 julho 2006

O Negócio do B.E.S.

No início deste ano a edilidade são-brasense “desviou” os movimentos que tinha com a Caixa Geral de Depósito para a agência do Banco Espírito Santo. O facto de esta mudança ter sido efectuada na mesma altura em que Rui Eusébio, irmão do presidente António Eusébio, assumiu a gerência do balcão de São Brás de Alportel do B.E.S. motivou alguns rumores acerca do oportunismo deste negócio. O sbras.blog foi investigar.


Segundo conseguimos apurar e segundo a autarquia são-brasense, o “desvio” dos serviços bancários da anteriormente privilegiada C.G.D. para o B.E.S, decorreu de acordo com todos os procedimentos legais previstos para estas situações. A negociação entre a Câmara Municipal e o B.E.S. remontam ao final de 2005, pelo que é dificil confirmar se terá haver com chegada de Rui Eusébio à gerência do balcão de São Brás de Alportel dessa instituição.

O sbras.blog sabe que inserido numa acção de angariação de clientes, o Director Regional do Sotavento Algarvio do BES, apresentou à Câmara Municipal de São Brás de Alportel uma proposta de adesão aos serviços bancários do BES. A Proposta foi aprovada por unanimidade pelo executivo camarário em reunião de Câmara no passado dia 14/02/2006, após presente informação prestada pela Divisão Administrativa e Financeira da Câmara Municipal que concluiu o seguinte:

"…atendendo aos documentos apresentados pelas instituições bancárias em causa, elaborou-se o seguinte mapa:"

(clica no mapa para ampliar)

"…do mapa supra, verifica-se o seguinte:

1. Entende-se vantajosa a substituição do TPA instalado na Tesouraria Municipal pela CGD, tendo em conta a diferença mensal oferecida pelas duas instituições.

2. A diferença dos custos dos cheques é significativa, tendo em conta que são requisitados pelo menos quinze (15) livros de cheques anualmente o BES é sem duvida a melhor escolha.

3. Apesar de raramente se recorrer ao pedido de extractos de conta ao balcão, no BES estes são disponibilizados on-line e gratuitos.

4. Atendendo a que as contas à ordem ascendem normalmente a mais de um milhão de euros, a diferença de juros, para mais, praticada pelo BES, dará um benefício à autarquia “significativo” (2.2% ao ano).

5. As opões dos pagamentos de vencimentos e da adesão aos serviços on-line de ambas instituições são meramente politicas, em virtude dos dois balcões em analise não imporem quaisquer custos para esses serviços."

A análise a Divisão Administrativa e Financeira da Câmara Municipal faz ainda reparos ao relacionamento entre a CGD de São Brás e a Autarquia, salientando a deterioração do relacionamento, pois a instituição bancária à muito que não satisfaz as necessidades reais da autarquia, obrigando a que um funcionário municipal esteja diariamente naquele estabelecimento cerca de 2 horas para fazer os depósitos e demais movimentos diários e “obrigando” a autarquia a solicitar por escrito as informações necessárias a ilustrar a informação agora prestada. E termina concluindo que “não existe inconveniência prática em “desviar” os habituais movimentos bancários com a CGD para o BES."

Mediante estas informações, e sob proposta do presidente da câmara, foi deliberado por unanimidade, iniciar procedimentos com vista à intensificação das relações entre a Câmara e o BES, canalizar as verbas dos fundos de coesão e de base municipal transferidos mensalmente pelo governo para uma conta no balcão do BES em São Brás de Alportel, autorizar a abertura de mais duas novas contas destinadas a “operações orçamentais” e “operações de tesouraria” e transferir o terminal de Pagamento Automático (TPA) e o pagamento dos salários para o BES.

Um mês depois!

Um mês após esta deliberação que mereceu o apoio do vereador Dr. Joaquim Mendonza (PSD), este vem declarar que não sabia que o irmão do Sr. Presidente da Câmara Municipal era o gerente do balcão do BES em São Brás de Alportel quando foi deliberada a mudança dos serviços que câmara tinha até então com a CGD para o BES uma vez que o assunto foi apresentado em reunião de câmara por informação da Chefe da Divisão Administrativa e Financeira ao que o sr. presidente da câmara respondeu que quando foi posta à consideração da Câmara Municipal a mudança, ainda o seu irmão não estava no balcão de São Brás de Alportel e a informação foi baseada nas condições dadas pela CGD e as oferecidas pelo BES. Acrescentou que depois da vinda de seu irmão para o BES este banco já conseguiu oferecer condições de financiamento de obras a fundos comunitários, razão pelo que os últimos empréstimos foram contratados a essa instituição bancária. O presidente acrescentou ainda que "além das condições serem melhores, é sabido por todos os são-brasenses a fraquíssima qualidade de atendimento que o balcão da CGD presta a todos os seus clientes e a Câmara Municipal não foi, de modo nenhum, excepção."

06 julho 2006

Campeonato do Algarve em BTT

A Fonte Férrea, em São Brás de Alportel recebe já nos próximos dias 8 e 9 de Julho o Campeonato do Algarve em BTT, numa organização do Bike Clube de São Brás. As inscrições são gratuitas.


01 julho 2006

É tão bom sofrer assim Portugal

Os São-brasenses assistiram à vitória de Portugal
‘Buzinão’ tomou conta das ruas após o apito final.




Após o sofrido jogo de Gelsenkirchen, esse estádio que parece talismã para as equipas portuguesas, a festa continuou na rua, bandeiras, cachecóis, camisolas, apitos e cerveja, muita cerveja, serviram para animar o ambiente de euforia, enquanto as ruas se enchiam de carros num enorme ‘buzinão’.

Agora pede-se repetição de festejos contra a França, o próximo adversário dos pupilos de Scolari.

Portugal, olé. Portugal, olé. Portugal oleeéeé´!!!


FEIRA DA CRIANÇA

Os “Amigos de São Brás” vão vender roupas quase novas e de boa qualidade, acessórios de bebé e Brinquedos para crianças a preços simbólicos.

É sábado dia 1 de Julho, entre as 9 e as 13 horas, no Parque de Estacionamento do Centro de Saúde de São Brás de Alportel .

Os fundos angariados revertem totalmente a favor da Associação Amigos de São Brás, os Bombeiros Voluntários e o Centro de Saúde de São Brás de Alportel.

Creative Commons License

Estado do Tempo, Gralheira, SB Alportel

E-mail

Firefox 2

Firefox 2

Solidariedade

O nosso Clone?
  • Alma-Algarvia
  • (na versão Câmara Municipal)

  • GDC Machados
  • UDR Sambrasense
  • Grátis

    Grátis

    Depósito do Calvin

    Snoopy

    Tiras do Zero

    Locations of visitors to this page

    Firefox 2

    Get Firefox!

    Alternative Browser Alliance

    StopIE.com - Stop Internet Explorer

    Powered by Blogger

    Local Blogs - Blog Top Sites

    ecoestadistica.com