15 setembro 2007

Autarquia premeia alunos


São Brás premiou melhores alunos do concelho com uma viagem aos Açores




A autarquia de São Brás de Alportel levou seis jovens munícipes aos Açores, para os recompensar pelo seu desempenho escolar.

De 3 a 6 de Setembro, os vencedores do concurso «Prémio Melhores Alunos 2007» estiveram na Ilha de São Miguel.


Este prémio é concedido anualmente pela autarquia são-brasense aos melhores alunos de diferentes níveis de ensino de escolas do concelho.

«Proporcionar aos jovens uma experiência de convívio e de aprendizagem, marcante no seu percurso estudantil, é o objectivo deste prémio, que pretende valorizar o empenho e a dedicação ao estudo, valores que importa promover, para um futuro melhor», resume o presidente da Câmara de São Brás de Alportel António Eusébio.

Os premiados deste ano foram as alunas do 2º ciclo do ensino básico Ana Filipa Eusébio e Catarina Gago, os estudantes do 3º ciclo Simone do Carmo e Inês Nunes e os alunos do ensino secundário Ana Filipa Gonçalves e Vasco Guerreiro.

«Prémio Melhores Alunos 2007»
Envolto em polémica

Vários pais e familiares acusam a autarquia de discriminação na atribuição do prémio aos melhores alunos do concelho. Em causa estará o critério usado para escolher os alunos que foram premiados com a viagem. O Exemplo vem dos alunos do 2.º ciclo básico onde dos três jovens vencedores do concurso, apenas dois tiveram direito ao prémio.

A polémica resume-se ao facto de a Autarquia ter decidido apenas premiar dois alunos, sendo um deles a filha do presidente da Câmara Municipal em detrimento de outro aluno em igualdade de circunstâncias.

A injustiça desta decisão tem levado muitos pais a criticarem, quer a legitimidade dos “Quadros de Excelência” nas escolas locais, quer a decisão da autarquia em atribuir apenas duas viagens quando os vencedores do concurso foram três alunos.

7 comentários:

ELSA disse...

A partir do momento em que a filha do Sr.Presidente da Câmara entrou no 2º ciclo do ensino básico, tem sido sempre ela a premiada no quadro de valor da escola, quadro esse que foi criado o ano passado, até então só existia o "quadro de excelência" o qual é atribuido com base nas notas dos alunos. O "quadro de valor" é que não está muito claro, visto que parece que este se rege por critérios muito subjectivos, que são desconhecidos pela maior parte dos alunos e pais. O que me parece bastante duvidoso é que durante dois anos consecutivos é sempre a mesma aluna que é escolhida. Será que não existe mais nenhum aluno que possa fazer parte dele? Será que essa aluna tem lugar cativo? Não existem coincidências!!!! Estou a falar no "quadro de Valor" porque segundo apurei uma das viagens é precisamente para quem figura no quadro de valor, ficando logo assim garantido que era a menina que ganhava a viagem.

Anónimo disse...

Se a Cãmara não tinha verba para atribuir prémios aos três alunos que se encontravam em igualdade de circunstâncias, então o justo seria dividir o valor de maneira a que os três beneficiassem do prémio. Por exemplo podiam ter ido a um local menos dispendioso em Portugal continental. Esta situação deveria ser melhor ponderada nos próximos anos, visto que até é bom para as escolas do concelho que existam cada vez mais alunos a atingir niveis de excelência, visto que é reflexo do sistema educativo de um concelho, mas seria muito motivador para os alunos se estivessem todos em pé de igualdade em relação a esses critérios menos claros que estão a surgir nos quadros de excelência das escolas.

Anónimo disse...

Será que nesta foto estão todos os melhores alunos do concelho? E aqueles que em igualdade de circunstâncias segundo o Quadro de excelência da Escola Poeta Bernardo de Passos, e que não tiveram direito ao prémio, nem sequer podem aparecer na foto? nem receber os parabéns do Ex.mo Sr. Presidente da Câmara? Carissimos representantes desta bela e maravilhosa autarquia, não é com atitudes destas que se motivam os jovens estudantes do concelho, valorizando uns e excluindo outros. Tenham isso em conta no futuro!
Muitos parabéns aos premiados e aos excluídos(apenas do prémio) pelo percurso feito no anterior ano lectivo e sucesso para os próximos anos.

Anónimo disse...

Sim senhora,
Boa maneira que mostrar às crianças como vai ser o seu futuro.

Não depende do seu esforço ou trabalho, mas sim do papá e das suas convicções politicas.

Parabéns Sr. Presidente.

Anónimo disse...

Porque complicar o que é fácil, ou premiavam todos ou não premiavam ninguém se não havia capacidade para o fazer, isso seria o mais justo. Será que o simplex não chegou a S.Brás?
De qualquer modo penso que não foi pelo prémio que os alunos se esforçaram, por isso muitos parabéns e continuação de sucesso a todos, mas mesmo a todos os alunos deste concelho.

Anónimo disse...

isto é tudo uma treta ! eu quando andava na EB cheguei a ser o melhor aluno da escola e nao ganhei viagem nem até aos machados


RM

Anónimo disse...

À mulher de César não basta ser séria....Tem de parece-lo...