07 janeiro 2008

UDRS tem novo treinador

Vitinha entrou a ganhar

Vitinha estreou-se como treinador do Sambrazense com uma importante vitória sobre o Esperança de Lagos, até porque a formação de S. Brás de Alportel já não vencia desde 17 de Novembro quando derrotou o Padernense. “O nosso objectivo concretizou-se, que era a vitória e os três pontos para dar alento a esta equipa”, revelou o técnico.

Os números reflectem o cariz do embate entre Sambrazense e Esperança de Lagos: sete no total, com vantagem para os serranos (4-3) que passam agora a somar 13 pontos, mais cinco do que a zona de despromoção. “Pelo que apreciei neste período em que estou a trabalhar no Sambrazense, não tenho dúvidas de que há aqui qualidade para efectuar um campeonato tranquilo, contudo, essa mesma tranquilidade adquire-se com as vitórias, sempre importantes. Esta sobre o Esperança revelou-se fundamental para as nossas aspirações”, acrescentou Vitinha.

O pai do conhecido jogador Fábio Felício (Marítimo) entrou com o pé direito não só no comando técnico do Sambrazense, como no ano de 2008, porém, confessou, chegou a temer não ganhar uma vez que a cerca de 10 minutos do final viu a sua nova equipa perder a vantagem de dois golos que tinha (3-1) permitindo aos lacobrigenses a igualdade a três tentos. A decisão da partida coube a Rogério a quatro minutos dos noventa.

“Confesso que quando o Esperança de Lagos empatou tudo me passou pela cabeça. Naquelas circunstâncias tudo poderia acontecer, mas nunca deixei de confiar que poderíamos voltar ao comando do jogo. Os jogadores também acreditaram, empenharam-se ainda mais nos poucos minutos que faltavam e colocaram justiça quanto ao vencedor. Os jogadores do Sambrazense foram de uma entrega inexcedível e merecem esta alegria”.

2 comentários:

Vb disse...

E foi um bom jogo...

Um abraço!

RT disse...

...e deixaram o Luizinho jogar!
há oito jogos que só o viamos aquecer junto às linhas laterais... lol
Força aí Luisinho