Sbras.Blog - O Jornalismo do Cidadão contra a Ditadura do pensamento único............................Publicação esporádica e ocasional que procura levar aos leitores informação sobre assuntos sociais, culturais, religiosos, políticos, desportivos, escolares, de saúde, de segurança, do património, do ambiente e outros, sobre o concelho de S. Brás de Alportel..................................Independente do poder politico e económico, aqui lê-se nos acontecimentos os sinais do tempo e presta-se atenção aos recantos mais ignorados.................................. Aqui ouve-se os anseios, aspirações ou queixas da população para a divulgação de informações e noticias de carácter não especializado........................................ Pseudo-jornalismo de Intervenção, de Proximidade e de Conveniência na defensa do interesse comum e o prestigio e desenvolvimento do concelho........................................Talvez por isso este seja único blog que a Câmara Municipal de S. Brás de Alportel não permite o acesso!...............................................

31 dezembro 2006

Etiquetas:

30 dezembro 2006

Câmara S. Brás patrocina Encontro de Jornais Algarvios


Convívio da Imprensa Regionalista do Algarve no aniversário do 10º aniversário do “Notícias de S. Braz” com almoço e passeio patrocinado pela Câmara Municipal de S. Brás


Por ocasião da comemoração do 10º aniversário do jornal “Notícias de São Braz”, aquele órgão de comunicação, juntamente com a AIRA (Associação da Imprensa Regionalista Algarvia), organizou, no dia 9 de Dezembro, um convívio que contou com a presença de António Eusébio, presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel que agradeceu «a presença de todos por se terem juntado, num sábado de manhã, ao Joaquim Manuel Dias, director do “Notícias de São Braz”, que comemora dez anos de actividade jornalística». Em representação do Governo Civil, esteve presente João Leal.

Refira-se que António Eusébio recebeu os jornalistas algarvios, no Salão Nobre da Câmara Municipal, seguido de uma visita ao concelho de São Brás. A comitiva passou pelo Centro Histórico; algumas zonas reabilitadas; troço da Estrada Nacional 12; Centro de Apoio à Comunidade; Centro Museológico do Alportel; Miradouro do Alto da Ameixeira; Escola Básica n.º 1 e Jardim-de-infância; Bairro Social; Centro de Educação e Interpretação Ambiental.

Depois seguiu-se o almoço convívio no restaurante “Beira Serra” no sítio das Mealhas. Joaquim Manuel Dias, emocionado, agradeceu a presença de todos em especial à autarquia sambrasense e à direcção da AIRA, recentemente eleita e ofereceu à Câmara, para colocar na sua Biblioteca , a encadernação das últimas cinquenta edições do "Noticias de S.Bráz".

Etiquetas:

29 dezembro 2006

Slow Cities

Inspirado no movimento "slow food" (comida lenta), o conceito "slow cities" nasceu há mais de uma década em Itália, onde conta já com 34 cidades aderen tes, e estendeu-se depois à Alemanha, Espanha e Croácia, disse à Lusa uma especialista do movimento, Ana Maria Albuquerque.

"É um movimento que pretende combater o estilo McDonalds, da comida rápida, mas num conceito mais alargado, que se estende a um estilo de vida na cidade", explicou.

As cidades aderentes, normalmente de média dimensão, usufruem de uma vida sem stress e pretendem aumentar os níveis de tranquilidade e qualidade de vida dos seus habitantes e visitantes, disse aquela especialista.

"Cada cidade procura as suas próprias maneiras de incrementar esse tipo de vida, pouco massificada", observou, exemplificando com casos práticos como o uso de energias renováveis, a utilização de bicicletas, ou uma forma original de tratamento dos resíduos sólidos urbanos, que passe também pela imposição de um a taxa suplementar para quem fizer mais lixo.

O projecto envolve ainda a promoção do civismo dos habitantes daquelas cidades, com uma aula semanal de educação cívica.

O incentivo do artesanato e a promoção da gastronomia tradicional nos restaurantes são outros exemplos evocados por Ana Maria Albuquerque.

"Há cidades aderentes em que o conceito foi ao ponto de tentar convencer os habitantes a deixar as chaves na porta", exemplifica.

O conceito de "cidade lenta" passa muito pela gestão do trânsito, sustenta a especialista, que observa haver povoações "onde já nada há a fazer".

Não será o caso de Lagos, Silves e Tavira e São Brás de Alportel, que se candidataram ao estatuto de "slow cities" porque "era preciso começar por alguma ponta e o movimento de candidaturas achou que o Algarve era um bom começo", disse Ana Maria Albuquerque.

"Queremos estender isto a todo o País", garante, observando que um futuro certificado de qualidade baseado no modo de vida "slow" poderá trazer turistas às cidades.

Etiquetas:

28 dezembro 2006

São Brás de Alportel integra a Rede Nacional “SIM à Pessoa com Deficiência

O Município de São Brás de Alportel integra, desde o passado dia 15 de Dezembro, a Rede Nacional “SIM à Pessoa com Deficiência”. Neste concelho do sotavento algarvio acolherá o primeiro Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência da região algarvia. Trata-se de um novo serviço de proximidade, criado pelo Governo, no âmbito de uma das linhas de acção do Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiências ou Incapacidade 2006-2009, aprovado no passado mês de Setembro.

A integração de São Brás de Alportel nesta rede nacional é fruto de um protocolo assinado no dia 15 de Dezembro, no Salão Nobre da Câmara Municipal, entre o
Secretariado Nacional de Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência (SNRIPD), representado pela Secretária Nacional, Luísa Pinheiro Portugal e o Município de S. Brás de alportel, representado pelo seu Presidente, António Eusébio; o qual mereceu a homologação do Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira Silva, presente na Sessão Solene, que contou ainda com a presença da Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz.

Na ocasião, o Presidente da Câmara Municipal de S. Brás de Alportel felicitou o Governo por este Plano de Acção, salientando a iniciativa de descentralização e localização deste tipo de serviços, uma vez que considera que “o trabalho, que visa a integração só pode estar perto das pessoas, só assim pode conhecer as suas realidades, as necessidades, os “pequenos” problemas que podem traduzir-se em grandes dificuldades, as dúvidas “simples” que podem servir de travão às soluções”.

O autarca referiu que a Solidariedade Social constitui, neste momento, a prioridade para o município, mediante um trabalho que está a ser realizado em parceria na Rede Social, para responder às necessidades sociais de um concelho em acentuado crescimento demográfico, que cresce mais de 4% ao ano, sendo o 2º município que mais cresce na região e um dos primeiros, a nível do país,“onde o progresso tem que ser acompanhado de respostas sociais”, segundo afirmou.

Enaltecendo a importância do compromisso que estava a ser selado naquele dia, para uma comunidade mais solidária e mais inclusiva, na senda de um futuro melhor, o edil são-brasense lembrou o espírito da quadra natalícia, de união em prol de causas comuns e deixou o mote para o novo ano de 2007 - Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos.

(a solidariedade é) “uma área decisiva para a afirmação de Portugal, como um país moderno , um País de Futuro.”

Viera da Silva

O Ministro do Trabalho e da Solidariedade felicitou o edil são-brasense por “colocar as questões sociais no centro da acção do município” e apresentou as linhas gerais do novo Plano de Acção para as Pessoas com Deficiência ou Incapacidades, que visa concretizar políticas de integração para que estas pessoas possam beneficiar do exercício pleno dos seus direitos, mas que como refere, apesar de ser lançado pelo Governo “é um plano para ser construído pela sociedade portuguesa”. Vieira da Silva referiu alguns dos eixos centrais deste plano: desde logo, a criação dos serviços de informação e mediação, serviços de proximidade, nas autarquias locais, que servirão para concretizar o plano; a promoção da empregabilidade das pessoas com deficiência; o enriquecimento da rede de equipamentos sociais existentes para estas pessoas, bem como a legislação efectiva, contra a descriminação das pessoas com deficiência ou incapacidades, e as acessibilidades, matéria da maior importância, quer em termos de barreiras físicas, quer ao nível do conhecimento, da informação, da linguagem, pois como diz “de nada vale instituir direitos, se depois falarmos no plano das acessibilidades”.

Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência (SIM-PD)

Implementar uma rede de serviços de informação e mediação para as pessoas com deficiências e incapacidade e suas famílias, no âmbito das autarquias integra a linha de acção – Acesso pleno aos direitos, aos recursos, aos bens e aos serviços - , expressa no Eixo III (Habilitar e assegurar condições de vida dignas) do I Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiências ou Incapacidade 2006-2009, plano aprovado pelo Governo em Resolução de Conselho de Ministros n.º 120/2006, de 21 de Setembro.

O novo Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência de São Brás de Alportel funcionará nas instalações do Centro de Apoio à Comunidade, um espaço municipal, com múltiplas valências, que agrega um conjunto de serviços de apoio, entre os quais o Centro Local de Apoio à Integração do Imigrante, em funcionamento desde o passado dia 27 de Novembro.

Funções do Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência (SIM-PD)

1. Atendimento qualificado dos munícipes com deficiência e respectivas famílias, bem como dos técnicos de reabilitação e instituições que desenvolvem qualquer tipo de actividade neste domínio (reabilitação e integração), assegurando-lhes uma informação integrada sobre os direitos, benefícios e recursos existentes para a resolução dos problemas colocados;

2. Encaminhamento e mediação junto dos serviços públicos e entidades privadas responsáveis pela resolução dos problemas;

3. Desenvolvimento e dinamização de parcerias locais, que permitam articular soluções de atendimento mais eficazes;

4. Divulgação junto dos serviços, instituições e outras estruturas locais de Boas Práticas no atendimento do munícipe com deficiência;

5. Recolha de informação que permita produzir diagnósticos de caracterização local das pessoas com deficiência, identificar os principais problemas existentes e promover as soluções adequadas.

Etiquetas:

27 dezembro 2006

Unidade Saúde Familiar


Não há volta a dar!... Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde (CS) fecha já no Dia 31 de Dezembro de 2006.

A partir de 01 de Janeiro de 2007 o CS só presta cuidados de saúde a quem for portador do Cartão de Utente do Centro de Saúde de S. Brás de Alportel, independentemente de ter ou não médico de família. Os visitantes, passantes ou moradores não inscritos no CS de S. Brás serão obrigados a deslocar-se ao CS de Loulé, onde irá funcionar uma futura Unidade Básica de Urgência.

O encerramento do SAP do CS de S. Brás de Alportel faz parte da politica do governo de reestruturação dos Serviços de Saúde, que prevê para o concelho de S. Brás o encerramento do SAP, dos Serviços de Saúde Pública e da Unidade de Internamento.

O CS de S. Brás passará a funcionar como uma Unidade de Saúde Familiar, onde apenas são prestados cuidados de ambulatório aos utentes inscritos no CS, com ou sem médico de família. Segundo fonte junto do CS «Com o encerramento do SAP, haverá um reforço na oferta de consultas de todos os médicos com consultas de manhã e de tarde, e para garantir o atendimento aos utentes inscritos no centro de saúde que não têm médico, será criada uma consulta de recurso».

O que muda no Centro de Saúde?

A grande mudança no CS é o facto de deixar de ter SAP (vulgo Urgências), assim os pequenos acidentes, mau-estar súbitos, ou qualquer outra situação em a intervenção médica tenha que ser mais imediata, serão todos encaminhados para a “nova” Unidade Básica de Urgência que funciona no CS de Loulé.

No CS apenas serão atendidos os utentes inscritos, independentemente de terem ou não médico de família. É obrigatório ter um Cartão de Utente do CS de S. Brás.

Para os utentes sem médico de família estará disponível uma «consulta de recurso» que funcionará de segunda a sexta-feira das 14 às 20 horas. Sábados, Domingos e Feriados das 9 às 15 horas para todos os utentes, com ou sem médico. Já durante a semana os utentes com médico de família apenas terão acesso à «consulta de recurso» se o seu médico de família estiver ausente.

As marcações para as «consultas de recurso» são feitas ao balcão do CS até as 19 horas durante a semana e ao fim de semana e feriados até às duas da tarde.

Para mais tarde.

Para mais tarde e ainda por definir exactamente quando, talvez para meados do ano de 2007 fica o encerramento da Unidade de Internamento. Os serviços de Saúde Pública, também seguindo os planos estratégicos do governo, serão deslocados para Faro onde serão concentrados pessoal e meios técnicos, em datas ainda não definidas

Autarquia não contesta
São-Brasenses não protestam

A retirada de mais este Serviço Público aos são-brasenses não mereceu contestação por parte da Autarquia São-brasense de maioria Socialista. António Eusébio e Correia Martins, presidente da Câmara e Assembleia Municipal respectivamente, estiveram reunidos no passado mês com o Presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve e a Coordenadora Sub-regional de Saúde de Faro, onde lhes foi apresentado os moldes da reestruturação dos Serviços de Saúde do Concelho, que mereceu a concordância dos autarcas são-brasenses.

O Partido Social Democrata fez uma exposição à Assembleia Municipal do dia 13/12 sobre os serviços públicos da responsabilidade da Administração Central em São Brás de Alportel, nomeadamente o encerramento do SAP do Centro de Saúde, e exigiu que a Câmara e a maioria Socialista tomem posição enérgica sobre o assunto junto do Governo Central.

Já a Coligação PCP/Verdes de Renato Santos optou por propor a criação de um Conselho Municipal para a Saúde, onde à semelhança dos existentes no Município as forças vivas do concelho se reunissem à volta da mesma mesa para resolver questões sobre a Saúde no concelho. A proposta foi aceite por unanimidade e mereceu um rasgado elogio do presidente da Assembleia Municipal, Correia Martins.

Etiquetas:

26 dezembro 2006

Segundo Emprego do Presidente



Segundo Emprego do Presidente da Câmara
Questionado na Assembleia Municipal


O Mote foi dado pelo Presidente da AM Correia Martins (PS), na reunião da Assembleia Municipal do passado dia 13/12, ao comentar uma informação da relativa aos inerentes cargos de representação do Presidente da CM tentou fazer passar a ideia que António Eusébio já teria informado a sua condição de professor na Universidade do Algarve, criando de imediato um burburinho na bancada da oposição (PSD/CDU).

Enquanto membros do PSD trocavam olhares e encolher de ombros, Renato Santos, representante único da Coligação Comunistas Verdes (CDU) interpelou o Presidente da AM no sentido de lhe ser esclarecido quando teria isso acontecido, uma vez que desde do inicio do mandato tem estado presente nas reuniões da AM e não se recordava de tal tivesse acontecido.


Sbras.Blog marca agenda politica são-brasense


Renato Santos (CDU), aproveitado o mote dado não quis perder a oportunidade de esclarecer a questão do “segundo emprego” do sr. Presidente da CM. Lamentando o facto de o Presidente da AM Correia Martins tentar passar um facto que não corresponderia a verdade, pediu para que fosse esclarecido sobre a questão também para poder responder as muitas pessoas, que segundo o próprio, tem-lhe “azucrinado a cabeça” para saber se é verdade ou não que o Presidente da CM esteja a desrespeitar alguma legalidade.

Durante a sua exposição fez referência a existência de um «Blog de S.Brás», «o qual muita gente tem tido acesso e cujas informações lá contidas entre as quais a questão do emprego do sr. Presidente da CM, estão muito bem documentadas levando a que muita gente queira saber se é verdade». Renato Santos aproveitou assim a presença de António Eusébio na reunião referindo «ser este o momento e local próprio para se obter as explicações da edilidade».


António Eusébio visivelmente atrapalhado
Não se lembra se informou a AM


Com esta António Eusébio não contava! Já tínhamos veiculado aqui no blog a «desvalorização desta situação por parte do PS/SBA, confiante que a oposição local não estará interessada em tirar partido deste "esquecimento"», e pela cara que o António Eusébio fez enquanto Renato Santos falava, o presidente da CM não estava mesmo nada à espera deste pedido de explicações. Não estava nada à espera, nem estava preparado!

Visivelmente atrapalhado, António Eusébio tentou dar a volta a questão. Começou por reconhecer a existência e a importância relativa do blog.sbras e da legislação lá veiculada, e lá foi dizendo que no seu caso particular «como presidente da câmara não teria que pedir autorização para exercer outra actividade». Renato Santos relembrou a legislação a António Eusébio informando-o «não se trata de pedir autorização, mas sim da obrigatoriedade de INFORMAR a Assembleia Municipal que desempenha outras funções». Nervoso, António Eusébio disse que já teria feito essa informação, depois perante a insistência da Bancada da oposição PSD/CDU, lá foi dizendo que talvez não tivesse feito, para concluir com dizendo que não se lembra se efectuou ou não a informação.

Renato Santos lamentou o facto de António Eusébio se ter “esquecido” de cumprir este preceito legal, desvalorizou o esquecimento momentâneo do presidente e antecipou a entrega dessa informação do sr. Presidente para uma próxima reunião. Foram momentos de regozijo na bancada da oposição com a CDU como protagonista. Na bancada da maioria Socialista o silêncio era sepulcral, Correia Martins cabisbaixo certamente lamentava ter dado à oposição um início de noite em glória.


NOTICIAS ANTERIORES

O SEGUNDO EMPREGO DO PRESIDENTE 27/07/2006
ANTONIO EUSÉBIO PODE PERDER O MANDATO 05/10/2006

Etiquetas:

Onda de assaltos violentos


As zonas isoladas do Concelho de S. Brás
São alvo preferencial dos meliantes.


Depois de no passado mês de Novembro, um casal de idosos ter sido assaltado e violentamente agredido na sua residência situada nos Juncais em zona isolada do concelho (ver noticia), a onda de assaltos, algumas vezes violentos, a vivendas situadas em zonas isoladas do concelho tem sido uma constante.

Na madrugada do dia 22 de Dezembro, outra residência foi assaltada, desta feita nos Funchais – Corotelo. Quatro homens encapuçados e armados, surpreenderam o dono da vivenda e com recurso à violência subjugaram o dono da casa obrigando-o a entregar dinheiro e cartões de crédito. Os assaltantes, que segundo a vitima, aparentavam ser da Europa de Leste pelo mau português que expressavam, mataram à paulada um dos cães da vitima e feriram gravemente um outro. Supõe-se que os assaltantes chegaram e partiram em viatura própria, pois além do dinheiro, cartões de crédito e jóias, foi ainda levado todo o tipo de material informático e electrónico bem como instrumentos musicais, num montante ainda não apurado mas que pode ascender a vários milhares de euros.

O homem teve de receber tratamento no Hospital Distrital de Faro devido às contusões causadas pela violência dos agressores, mas encontra-se livre de perigo, a esposa não se encontrava na residencia na altura do assalto, mas pela violência que testemunhou ao regressar a casa, ainda se encontra em “estado de choque”. O casal pondera regressar ao seu país de origem devido à insegurança que agora temem.

A GNR local tomou conta desta ocorrência, não tendo sido possível obter declarações do comandante do Posto de São Brás de Alportel. A investigação ficará no entanto a cargo da Policia Judiciária de Faro. A interpol está envolvida na investigação.

Etiquetas:

25 dezembro 2006

Etiquetas:

23 dezembro 2006

(clique na imagem)

Etiquetas:

21 dezembro 2006

A «lapinha» da Madeira e a entronização do Menino no Algarve

As representações do nascimento de Jesus em pinturas, relevos ou frescos começaram a surgir desde o século IV. No ano de 1223, S. Francisco de Assis decidiu celebrar a missa da véspera de Natal com os cidadãos de Assis de forma diferente: assim, esta missa, em vez de ser celebrada no interior de uma igreja, foi celebrada numa gruta, que se situava na floresta de Greccio (ou Grécio), que se situava perto da cidade. S. Francisco transportou para essa gruta um boi e um burro reais e feno, para além disto também colocou na gruta as imagens do Menino Jesus, da Virgem Maria e de S. José.

Os presépios passaram a ser assim entendidos como uma pequena narrativa, inspirada nos relatos dos Evangelhos, mas a verdade é que em Portugal alguns deles representam uma outra interpretação teológica, mais ligada à entronização do Menino.

A região da Provença (sul de França) foi o grande centro de irradiação do presépio com raízes medievais. No Natal, surge o Menino Jesus glorioso, triunfante, o Salvador, o Senhor e Rei do mundo.

Este presépio foi levado pelos portugueses para a Ilha da Madeira, para os Açores e para o Brasil. Em Portugal, ainda podemos ver este presépio no Baixo Alentejo e no Algarve.

O Presépio tradicional algarvio conserva as raízes medievais. É um trono ou altar armado em escadaria. O Menino Jesus está de pé, no cimo do trono. À volta coloca-se verdura, Ramos de laranjeira. Na escadaria colocam-se laranjas e searinhas germinadas.

No início da década de oitenta o Pe. José da Cunha Duarte, pároco de São Brás de Alportel iniciou a recolha das imagens feitas pelos pinta-santos algarvios. Na Igreja Matriz arma-se o presépio tradicional, em escadaria, com laranjas e searinhas e o Menino em cima do trono. A igreja também se reveste de panos como foi tradição nos séculos XVII e XIX.

Lapinha

Na Madeira, este presépio é conhecido como “lapinha”. O Menino Jesus está de pé, no cimo do trono. À volta coloca-se verdura e na escadaria coloca-se fruta com as “searinhas”. Uma lamparina acesa está sempre presente.

As lapinhas madeirenses são armadas sobre uma mesa, tendo como centro uma pequena escada de poucos decímetros de altura, de três lanços contíguos, e no topo da qual se coloca a imagem do Menino Jesus. A imagem apresenta-se com coroa, ceptro real, manto, mundo na mão, para assinalar a realeza e a senhoria de Cristo, de acordo com o espírito medieval.

Este é um património doméstico entre as tradições do Natal, que ocupa lugar primacial no seio das famílias cristãs, e liga tradições religiosas à vida e natureza locais. Desde a Idade Média, resiste a todas as inovações, embora com adaptações próprias de cada local, como sejam as ornamentações com os ramos do arbusto “alegra-campo” e dos fetos “cabrinhas”.

Na Madeira são ainda montadas as chamadas “rochinhas”, com papel pintada sobre uma estrutura que suporta o presépio, ajudando dar a ideia dos montes e vales, com os típicos socalcos.

http://www.agencia.ecclesia.pt/

Etiquetas:

Escola EB 2,3 Poeta Bernardo de Passos inaugurou Biblioteca Escolar

A Escola EB 2,3 Poeta Bernardo de Passos inaugurou no passado dia 17 de Novembro a sua Biblioteca Escolar/ Centro de Recursos Educativos, instrumento de grande utilidade no percurso educativo dos alunos e que a partir de agora está ao seu dispor.

Aliás como foi frisado na Sessão Solene que antecedeu a inauguração deste espaço, esta é mais uma Biblioteca que se vem juntar à rede de Bibliotecas já existentes no concelho.

Na ocasião foi salientado pelos diversos oradores a importância da inauguração desta Biblioteca Escolar num espaço amplo e de grande comodidade, assim os alunos saibam desfrutar deste novo complemento para um ensino mais apoiado onde também não faltam as novas tecnologias.

S.Brás de Alportel é no Algarve um exemplo quer em instalações escolares, quer em rede de Bibliotecas, desde a Biblioteca Municipal às Bibliotecas das Escolas da Rede do Ensino Básico e Bibliotecas de outras instituições, uma aposta que orgulha a autarquia e põe ao dispor dos sambrasenses de todas as idades um manancial de instrumentos culturais e de leitura deveras invejável.

Etiquetas:

18 dezembro 2006

Rixa na Discoteca

Queixa contra INEM
Jovem esperou uma hora por socorro


O pai de um jovem de 17 anos, agredido na madrugada de sábado na discoteca "Up's" nos arredores de São Brás de Alportel, apresentou ontem, no Ministério Público de Loulé, uma queixa contra o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) por alegada recusa de assistência médica ao filho.

Vítor Antunes revelou ao CM que o filho, José Carlos Santos, depois de ter sofrido um golpe profundo na cara e na orelha, provocado por um jovem que o agrediu com um copo de vidro, “esperou uma hora por socorro, pois o CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) recusou, por três vezes, deslocar assistência especializada ao local”.

“Primeiro ligou para o 112 o proprietário da discoteca, às 03h45, e seis minutos depois um bombeiro que se encontrava no local, mas o operador do CODU recusou enviar uma ambulância, dizendo que não era um caso urgente”, conta Vítor Antunes, que revela ainda ter sido feita uma terceira chamada pelo graduado dos Bombeiros de São Brás de Alportel, que chegou ao local às 04h09 numa ambulância da corporação, mas a resposta foi a mesma.

“O meu filho estava a esvair-se em sangue e só chegou ao Hospital de Faro uma hora depois do incidente, tendo sido operado de urgência. Levou onze pontos externos e vários internos nos ferimentos na face e na orelha”, explicou o pai.

Ainda convalescente, José Carlos Santos, praticante de ginástica acrobática na Associação de Pais e Amigos de Ginástica de Loulé, está proibido de praticar desporto, tendo de ser avaliado por uma equipa médica.

“O INEM recusou assistir o meu filho, mas, poucos minutos depois, outro jovem que se cortou numa mão, ao cair em cima dos vidros que tinham ficado no chão, teve direito a assistência de uma equipa do INEM”, protesta Vítor Antunes.

Médico diz que não havia "Risco de Vida"


Pedro Santos, Relações Públicas do INEM, confirma os três pedidos de socorro efectuados para aquela ocorrência e os horários das chamadas telefónicas relatadas pelo queixoso, explicando que o responsável da triagem, um médico do INEM, considerou que “o caso podia ser controlado, como foi, por uma equipa dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel, já que esta tem pessoal com o conhecimento de primeiros socorros necessário para estas situações e uma ambulância para deslocar a vítima para o hospital”.

Aquele responsável explicou ainda que “as feridas na face são muito aparatosas, por se localizarem numa zona muito irrigada, mas normalmente não põem em risco a vida das vítimas”. Quanto ao accionamento de uma equipa de emergência, posteriormente, para socorrer um jovem com ferimentos numa mão, ficou a dever-se ao facto de esses ferimentos poderem colocar em risco os tendões “o que deve ser avaliado por uma equipa mais especializada”.

Etiquetas:

16 dezembro 2006

Luta contra exclusão

Primeiro Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência do Algarve é em S. Brás de Alportel.


O Algarve deu mais um passo, hoje, na luta contra a exclusão. O município algarvio de S. Brás de Alportel e o Secretariado Nacional de Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência (SNRIPD) assinaram um protocolo que visa a criação do primeiro Serviço de Mediação e Informação para Pessoas com Deficiência (SIM-PD) da região.

A cerimónia contou com a benção do ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, que se deslocou ao concelho serrano acompanhado da secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz.

Prestar às pessoas com deficiência, bem como às suas famílias, "uma informação global e integrada sobre os seus direitos, benefícios e recursos existentes, apoiando-as na procura das soluções mais adequadas à sua situação concreta", é o grande objectivo deste novo serviço.

"Este é um pacto de solidariedade para as pessoas com deficiência. A diferença não pode ser motivo de exclusão - devemos garantir igualdade de direitos e oportunidades", sustentou António Eusébio, presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel.

O autarca manifestou "orgulho" pelo facto de o concelho são-brasense ter sido o primeiro na região algarvia a aderir a esta causa, expressa no Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiências ou Incapacidade 2006-2009, aprovado pelo Governo.

"É um trabalho em prol da integração, de forma a encontrarmos novas soluções para encarar este problema. O desenvolvimento social deve ser feito com todos e para todos", acrescentou António Eusébio.

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, elogiou o autarca e o concelho por elegerem a área social como uma "prioridade".

"É com este tipo de iniciativas que podemos ultrapassar uma situação inaceitável. São Brás foi o primeiro município do Algarve a aderir, mas espero que, passo a passo, tornemos o projecto mais abrangente", afirmou.

Sublinhando que a afirmação dos direitos das pessoas com deficiência não deve ser apenas "letra da lei" mas uma realidade no dia-a-dia, o responsável acrescentou que, "com este passo, estamos mais próximos de atingir os nossos objectivos".

O novo serviço funcionará nas instalações do Centro de Apoio à Comunidade.

Etiquetas:

Obra inédita

autoria dos padres José e Afonso Cunha Duarte
dá a conhecer autos natalícios do Algarve

Um trabalho inédito sobre o teatro algarvio dá a conhecer a origem de vários autos natalícios. A obra, da autoria dos padres José e Afonso Cunha Duarte, vai ser editada este mês e é o segundo volume de "Natal Tradicional II".


Os autos de Natal inserem-se na tradição do teatro popular e representavam-se primariamente ao ar livre, na noite de Natal.

O livro dá a conhecer um manuscrito com o Auto dos Três Reis Magos, encontrado na Biblioteca do Seminário diocesano, em Faro. Realiza ainda uma análise literária aos autos algarvios. Desenvolve as fontes dos autos natalícios.

Em apêndice apresenta-se o Combate dos Mouros de Quelfes, Pechão e Santa Catarina da Fonte do Bispo, o único teatro popular que ainda se representa no Algarve.

As Loas em honra de Nossa Senhora das Dores, outrora muito populares, não foram esquecidas.

Um caderno a cores valoriza a memória do teatro algarvio. Edita o livro a Casa da Cultura António Bentes, São Brás de Alportel.

Etiquetas:

Passeio pedestre


A Câmara Municipal de São Brás de Alportel organiza mais um passeio pedestre, desta feita em plena Serra do Caldeirão, agendado para o dia 17 de Dezembro, com início às 9:30 horas.

Este passeio serve para dar a conhecer parte do percurso pedestre PR2 "Entre Vales, Fontes e Memórias da Serra do Caldeirão" e tem inicio no sítio de Parises, na zona norte do concelho, a cerca de 20km da vila de São Brás de Alportel.

A autarquia disponibiliza transporte até ao local, com partida marcada para as 8:45 horas, no Terminal Rodoviário de São Brás, onde os participantes serão recebidos à entrada do autocarro pela edilidade com o já habitual «passou-bem» da vice-presidência.

Partir à descoberta da serra por veredas e caminhos esquecidos, ao longo de 10Km, com troços iniciais de descida e finais de subida, este é um "desafio lançado aos amantes das actividades de ar livre, que apreciam o prazer único que proporciona o contacto com a natureza, o ar puro da serra e a beleza da sua genuinidade" revela-nos a edilidade.

Etiquetas:

15 dezembro 2006

Etiquetas:

Alportel inaugura Centro Museológico

Dia 16 deste mês inaugura do novo Centro Museológico do Alportel, no sítio com o mesmo nome, a norte da Vila de São Brás de Alportel. A cerimónia acontece pelas 15:00 horas.

Cultivar a memória das gentes do Alportel e da Serra, preservar o passado de uma Terra de Cortiça e Tradição, e dar a conhecer os Valores Naturais do Vale do Alportel, entre o barrocal e a serra, são alguns objectivos do Centro.

Numa primeira fase estará aberto ao público, de terça-feira a domingo, entre as 14:00 e as 17:00 horas, no período de Inverno, e entre as 14:00 e as 18:00 horas no Verão.

Etiquetas:

Festa dos Presépios 2006


Arranca no próximo sábado, 16, a Festa dos Presépios 2006. Até 6 de Janeiro de 2007, 24 aldeias do Algarve têm para mostrar presépios "feitos da memória e da imaginação de cada aldeia", numa descoberta das tradições natalícias algarvias.


As aldeias envolvidas são as de Alcantarilha, Alferce, Alportel, Altura, Ameixial, Barão de São João, Budens, Cacela Velha, Cachopo, Castro Marim, Cortelha, Estoi, Machados, Marmelete, Martim Longo, Mesquita, Monchique, Odeleite, Paderne, Penina, Sagres, Santa Catarina da Fonte do Bispo, Tôr e Vaqueiros.


Os presépios foram construídos pelos habitantes, utilizando os mais diversos e originais materiais locais e inspirando-se nas suas vivências natalícias, nas festividades e tradições populares.Em diversas aldeias, a apresentação do presépio é também pretexto para animações, cantares e música, muitas festividades tradicionais que completam o ambiente de natal que o visitante poderá encontrar.

- LOCAIS E HORÁRIOS -
SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Alportel – Núcleo Museológico, 10h00 – 20h00
Machados – Parque dos Poetas, todo o dia
Mesquita – Átrio da Capela, 10h00 – 20h00


Esta iniciativa é promovida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, com o apoio das diversas autarquias (câmaras e juntas de freguesia) envolvidas.

Etiquetas:

14 dezembro 2006

Rixa na Discoteca

A Gerência do Grupo "Zé Dias"
escreve-nos a explicar acontecimentos
da "rixa" de sexta-feira à noite.

Ex.mos Srs.

Para que não haja mal entendidos e amanhã ou depois não venham para o blog escrever que houve facadas ou tiros ou que deram entrada no hospital dois clientes do Zé Dias e que estão em risco de vida,venho desta forma tentar dirigir-me aos meus clientes e mesmo aos pais desses o que tanto deu que falar nestes ultimos dias.Pois na verdade o que aconteceu na passada sexta feira não foi nada que não possa acontecer numa outra casa de animação,ou mesmo café,pastelaria ou restaurante.

Sim é verdade que houve um desentendimento entre dois clientes,pelo que me foi dito por causa de uma rapariga,clientes esses que até eram amigos e moravam proximo um do outro.Por volta das 3.30h da manhã um deles deu com um copo na cabeça do outro,não havendo mais confusão porque se encontrava por perto uns colaboradores ou seguranças que trouxeram os dois rapazes para fora.Como, tanto um como o outro estavam a sangrar levamo-los para as casas de banho do pessoal e na altura que eu proprio estava a ligar para o 112 eles estavam a ser acompanhados por um bombeiro que se encontrava no bar nessa noite.

Eu proprio perguntei ao rapaz agredido se queria que chamasse a GNR ao que o proprio me respondeu que não porque conhecia bem o rapaz e queria esquecer o sucedido.Para que não bastasse um outro cliente passados talvez 10 ou 15 mn caiu na brincadeira com amigos e com o copo de vidro que transportava fez um corte na palma da mão,situação esta que vamos já resolver no proximo fim de semana com a retirada dos copos de vidro e o uso de copos de acrilico. Como podem vêr são situações normais,mas que não são frequentes nesta casa.

Quanto á segurança da casa temos uma empresa devidamente credencida a nivel nacional e que todos os seus profissionais têm carteira profissional e diploma do MAI para poderem exercer esta funçao"agora se o meu amigo sabe de algo que eu não saiba e me queira dizer pessoalmente tenho muito gosto em recebe-lo"!

Regressando ao motivo desta minha explicação devo dizer que na mesma noite tive no hospital até ás 7h da madrugada para saber do estado dos rapazes,e no dia de segunda feira recebi um telefonema do pai do rapaz agredido a agradecer o modo como todo o staff acompanhou toda esta situação,como vêem o quadro não é assim tão negro como o querem pintar.Como tal esta Sexta feira e se Deus quiser nas proximas cá estarei para os receber,como o fiz nos ultimos 12 anos.

JOÃO DIAS

Etiquetas:

Ministro do Trabalho em S. Brás

Empregabilidade de deficientes e novos equipamentos sociais trazem Vieira da Silva ao Algarve


O programa de dois dias de visita ao Algarve do Ministro do Trabalho e da Segurança Social à região, inclui a passagem por S. Brás de Alportel, no dia 15, para assinatura de um protocolo entre o município de S. Brás e o Secretariado Nacional de Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência (SNRIPD).

O Ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, e a secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz presidem à assinatura do protocolo que visa a abertura do novo Serviço de Informação e Mediação para Pessoas com Deficiência, o primeiro da região algarvia. O serviço funcionará nas instalações do Centro de Apoio à Comunidade, e pretende prestar às pessoas com deficiência, bem como às suas famílias, uma informação global e integrada sobre os seus direitos, benefícios e recursos existentes, apoiando-as na procura de soluções adequadas.

Etiquetas:

13 dezembro 2006

Etiquetas:

Comércio em S.Brás

Pode abrir até às 10 horas da noite durante o mês de Dezembro



Etiquetas:

Parques Industriais

As autarquias giram ao som de modas.

Nos anos 70-80, a coqueluche era uma autarquia fazer um parque industrial. Com empresas ou sem empresas, compraram-se terrenos e fizeram-se algumas infra-estruturas básicas. Mas nunca tiveram estratégias nem serviços de apoio e nunca souberam muito bem o que lá queriam meter dentro daqueles terrenos. O tema foi assunto para campanhas autárquicas inflamadas e rendeu votos. Depois veio a febre psicadélica das rotundas e dos parques empresariais. Para todos gostos e bolsas. É orgulho municipal ter uma rotunda “à maneira”. Agora, a nova “wave”dirige-se para os parques de ciência e tecnologia e, em breve teremos um em qualquer aldeola. O mais difícil é sacar uns euros antes que a fonte europeia seque.


Padre Cunha
Em: VilAdentro, Dezembro 2006

Etiquetas:



- Bazares -

Bazar de Natal – Exército de Salvação
Dias 1 e 2 de Dezembro | Sede do Exército Salvação

Os fundos angariados revertem a favor das crianças mais carenciadas do concelho.
Org.: Exército de Salvação

Bazar de Natal - Associação Amigos de São Brás
Dia 9 de Dezembro | Cine -Teatro
Os fundos angariados revertem a favor dos Bombeiros, centro de Saúde e familias carenciadas.
Org.: Associação Amigos de São Brás

Bazar de Natal – Paróquia de S. Brás
De 20 de Novembro a 24 de Dezembro | Av. da Liberdade (junto a Praça de Táxis)
Os fundos angariados revertem a favor das obras da Igreja.
Org.: Paróquia de São Brás

Bazar de Natal – Sociedade Recreativa Alportelense
De 16 de Dezembro a 6 de Janeiro | Centro Museológico do Alportel
Org.: Sociedade Recreativa Alportelense

- Distribuição de Cabazes de Natal -

Distribuição de Cabazes de Natal
Dias 4,5 e 6 de Dezembro
Distribuição de Bens alimentares, brinquedos e roupas às famílias mais carenciadas.
Org.: Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel

Distribuição do “Cabaz de Consoada”
De 18 a 21 de Dezembro
Distribuição de bens alimentares junto das famílias mais carenciadas.
Uma iniciativa da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, com a colaboração da Rede Social de São Brás de Alportel – Núcleo Local de Inserção.

- Angariações, Recolha de Roupas e Alimentos -


Campanha de angariação de fundos para ajudar os animais abandonados
Dia 9 | Sábado | 09h00 > 14h00 | Galeria Municipal
Integrada no Bazar de Natal da Associação Amigos de S. Brás.
Org.: Quintinha dos Animais Abandonados

Treino Aberto de Kempo
Dia 9 | Sábado | 09h00> 12h00 | Pavilhão Municipal Dr. José Pires
Aceitam-se roupas quentes, alimentos básicos e donativos para distribuição junto dos mais carenciados do concelho.
Org.: Associação Jovem Sambrasense – Núcleo de Artes Marciais

Recolha de Alimentos
Dia 16 | Sábado | 08h00 > 17h00 | Estabelecimentos Comerciais
Org.: Jovens Sem Fronteiras de São Brás de Alportel

- Festas de Natal -

Festa de Natal Solidária
Dia 23 | Sábado | 15h00 | Centro Museológico do Alportel
Actividades e Lanche Convívio, numa festa dedicada às crianças mais carenciadas.
Org.: Sociedade Recreativa Alportelense

Festa de Natal do Motoclube “Os Unidos da Estrada”
Dia 25 | Dia de Natal (Segunda-Feira)| 15h00 | Sede do Motoclube

Org.: Motoclube de S. Brás de Alportel “Os Amigos da Estrada”

Etiquetas:

12 dezembro 2006

Prémios Juventude 2006

A edilidade são-brasense, no passado dia 25 de Novembro, realizou no Cine-Teatro Municipal uma Gala para atribuição dos Prémios Juventude 2006, para felicitar e premiar alguns jovens que (na sua opinião) se distinguiram em diversas actividades e incutir mais empenho e dinamismo na juventude que deve valorizar o dom da vida.


Uma mão cheia de jovens foram seleccionados. Parabéns. Muita juventude que trabalha e luta no anonimato. Todos diferentes e muitas vezes sem termo de comparação.

Fazer uma espécie de “concurso” público pode ser perigoso, prejudicial e injusto. Devia ser revisto o modo de atribuição


Em: VilAdentro, Dezembro 2006

Etiquetas:

Presépio Vandalizado

Burro alvo da ira dos meliantes

Este fim-de-semana o presépio situado na rotunda à entrada de S. Brás de Alportel foi alvo de vandalismo. Os meliantes tentaram remover sem sucesso as figuras em tamanho grande, que compõem o presépio. Acabaram no entanto por partir a imagem do burro.

De pernas e orelhas partidas o burro foi retirado do presépio pela Câmara Municipal para receber “tratamento”. Os moradores nas imediações não ouviram nada de estranho na noite em que ocorreu a “agressão” ao burro. A GNR local tomou conta da ocorrência.

Recordamos que este é a segunda imagem do burro que a Câmara compra para o presépio, pois a primeira desapareceu, para nunca mais ser vista num natal passado.

Etiquetas:

11 dezembro 2006

Viver o presépio em S. Brás

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de S. Brás de Alportel volta a apresentar o seu Presépio. Este ano, o visitante pode sentir-se uma verdadeira personagem do presépio, pois existe uma passadeira de 15 metros de comprimento, que passa por dentro da Gruta do Menino Jesus.


Com 120 m2 de área, 2 Montanhas com 3,5 m de altura, 32 m de riachos e canais de água, 3 Cascatas com 1,5 m de altura e 1 lagoa com 4.5 m, este Presépio é uma verdadeira obra de arte.

O Presépio pode ser visitado até ao próximo dia de Reis, 6 de Janeiro, no Quartel dos Bombeiros Voluntários de S. Brás de Alportel. Simultaneamente está a ser promovida uma campanha de recolha de fundos para a aquisição de um novo veículo de combate a incêndio.

Etiquetas:

Diversão nocturna?!

Rixa na Discoteca
termina com dois feridos graves

Foi na passada noite de sexta-feira, na conhecida Discoteca São-brasense do Grupo “Zé Dias” uma rixa entre indivíduos resultou em 2 feridos graves. Desconhece-se os motivos que levaram ao escalar da violência que terminou em agressões com copos/garrafas partidas . Os agredidos deram entrada no Hospital de faro para receber tratamento. A GNR local tomou conta da ocorrência.

Etiquetas:

09 dezembro 2006

Espaço Internet


A Câmara Municipal de S. Brás de Alportel anuncia em comunicado a abertura de um novo espaço dedicado à promoção das novas tecnologias de informação e comunicação.


A abertura do “Espaço Internet de S. Brás de Alportel” está agendada para Abril de 2007 e resulta dum projecto co-financiado pelo FEDER, através do Programa Operacional Sociedade do Conhecimento (POS_C).

O Espaço Internet vai funcionar num espaço da autarquia, localizado na Avenida da Liberdade, no r/c do Edifício Infrabarra, local que vai ser totalmente equipado com mobiliário adequado, climatização, w.c., e com 14 computadores com acesso à Internet, com possibilidade de impressão de documentos por parte dos utentes.

O projecto inclui dois animadores com formação adequada, sob a supervisão dos serviços de Educação e Informática da autarquia, e ainda a possibilidade de realizar acções de formação de curta duração para aquisição de competências básicas em Tecnologias de Informação e Comunicação.

--------------------------------

Aqui indicamos os locais onde pode aceder à internet para ver o nosso site, quer nos equipamentos públicos quer nos privados:

  1. Centro de Apoio à Comunidade - Hotspot Algarve Digital
  2. Biblioteca Municipal Dr. Manuel Francisco do Estanco Louro
  3. CTT S. Brás de Alportel
  4. Junta de Freguesia de S. Brás de Alportel
  5. Associação Jovem Sambrasense
  6. Associação IN LOCO – Centro de Documentação
  7. Grupo Desportivo e Cultural de Machados - Posto Público Associativo
  8. OXI | Lan House & Informática

Etiquetas:

08 dezembro 2006

Etiquetas:

Encontro Regional da Imprensa Algarvia

Câmara Municipal de S. Brás de Alportel apresenta
Plano Estratégico para o Concelho à Imprensa.


São Brás de Alportel acolhe no próximo dia 9 de Dezembro (sábado), a partir das 10:00 horas, mais um Encontro Regional da Imprensa Algarvia, iniciativa promovida pela Câmara Municipal presidida por António Eusébio, que conta com o apoio da AIRA – Associação da Imprensa Regionalista Algarvia.

O Encontro começa com uma Recepção no Salão Nobre da Câmara Municipal, em que na sessão de abertura, o edil são-brasense, fará uma breve apresentação do plano de investimentos para o município nos próximos anos. “Desafios de Futuro” dá nome ao Plano Estratégico para o concelho de S. Brás, numa aposta no desenvolvimento, na inovação e na qualidade de vida.

Os jornalistas efectuarão depois uma visita a alguns lugares do concelho, em autocarro municipal, a fim de conhecerem alguns novos serviços e projectos municipais.

O encontro, que convida ao debate e à troca de ideias, culminará com um almoço convívio no Restaurante Beira Serra patrocinado pela edilidade São-brasense.

Etiquetas:

Recital de guitarra clássica

Eudoro Grade no Museu do Trajo
São Brás de Alportel
Sábado, 9 de Dezembro, 20:30 h

Com obras de Heitor Villa Lobos, Leonard Bernstein, Ruiz Pipó, Francisco Tárrega, Isaac Albéniz, Fernando Sor, Leo Brouwer, António Lauro, Andrew York and Roland Dyens.
Serviço de bar. Bilhetes 12 € (Amigos 10 €). É favor reservar com antecedência. Sábado 9 de Dezembro, 20.30 h. Abertura de portas às 20.00 h - bar disponível.

Recital de guitarra clássica Download PDF Programa

Etiquetas:

06 dezembro 2006

Estabelecimentos de Hospedagem

Projecto de Regulamento Municipal de Instalação, Exploração e Funcionamento dos Estabelecimentos de Hospedagem em fase de consulta pública até ao próximo dia 15 de Dezembro.

O Decreto-Lei n.º 167/97, de 4 de Julho estabelece o regime jurídico da instalação, exploração e funcionamento dos empreendimentos turísticos, alterado pelo Decreto-Lei n.º 305/99, de 6 de Agosto, e pelo Decreto-Lei n.º 55/2002, de 11 de Março, no seu artigo 79. n.º 1, atribui às assembleias municipais, sob proposta do presidente da câmara a regulamentação da instalação, exploração e funcionamento dos estabelecimentos de hospedagem.

É nesta esteira que a Câmara Municipal de São Brás de Alportel visa proceder à regulamentação desta matéria, tendo em vista suprir um vazio legal, reunindo num único documento todas as regras e princípios que devem nortear a instalação e funcionamento dos estabelecimentos de hospedagem na área do município.

05 dezembro 2006

"O Natal é das Crianças"


São Brás de Alportel apresenta um cartaz de actividades para o mês de Dezembro, onde não faltam os eventos tradicionais da época natalícia.



No dia 9 vai realizar-se a Festa de Chegada do Pai Natal, com a participação da Escola de Patinagem do CCD dos Trabalhadores da Câmara, junto ao Cine-Teatro S. Brás é dedicado aos mais novos que promete muitas surpresas.

A Festa dos Presépios das Aldeias do Algarve volta a contar com representantes da Comunidade São-brasense, e pode ser visitada de 16 de Dezembro a 6 de Janeiro.

Não vão também faltar os tradicionais concertos de Natal, com principal relevância para a actuação da Orquestra do Algarve, no dia 22, às 21:30 horas no Cine-Teatro.

No dia 23 de Dezembro terá lugar um espectáculo musical, com o Grupo Coral Infantil de Loulé, pelas 10h00, junto ao Mercado de S. Brás; e às 15h00, o Centro Museológico do Alportel dedica uma festa às crianças mais carenciadas com actividades e lanche convívio.

Por fim, no Dia de Natal, 25 de Dezembro, tem lugar a Festa de Natal do Motoclube “Os Amigos da Estrada”, pelas 15h00.

03 dezembro 2006

Urgências do Centro de Saúde vão encerrar


É Oficial. Segundo a Administração Regional de Saúde do Algarve
Urgências (SAP) do Centro de Saúde de São Brás de Alportel vão encerrar!

A ARS Algarve tendo em vista a Reorganização dos Serviços de Saúde no Centro de Saúde de São Brás de Alportel, vai encerrrar o Serviço de Atendimento Permanente (Urgências).

A Reorganização dos Serviços de Saúde para São Brás de Alportel foi discutida numa reunião em Faro, onde participaram o Conselho de Administração da ARS Algarve, a Sr.ª Coordenadora da Sub-Região de Saúde de Faro e os Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de São Brás de Alportel. Desta reunião resultou a proposta final para a reorganização da prestação de cuidados de saúde no concelho de São Brás de Alportel que inclui o encerramento definitivo do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde em 2007.

O encerramento do S.A.P. não recebeu contestação por parte da edilidade São-brasense!

Contamos-lhes mais, pra semana aqui no sbras.blog!

02 dezembro 2006

«Lei da Rolha»


António Eusébio, Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel continua a impor a «Lei da Rolha». No sentido de evitar a saída de notícias que possam prejudicar a imagem da edilidade ou a contestação dos São-brasenses. Toda a informação relativa ao exercício de gestão da Câmara Municipal, bem como as habituais divulgações do GIDI da Câmara Municipal são agora de acesso restrito. António Eusébio vai mais longe e para evitar aquilo que considera “mexericos” ordenou a suspensão da divulgação das actas das reuniões da Câmara. Faz mais de dois meses que os cidadãos são-brasenses estão impedidos de consultar as actas das reuniões quinzenais da edilidade. A última acta divulgada ao público tem a data de 29 de Setembro 2006.

Correia Martins, Presidente da Assembleia Municipal segue a mesma politica de contenção da informação, não fornecendo as actas das reuniões da Assembleia para publicação no site da Câmara Municipal desde Junho de 2006.

Oposição dá uma ajudinha.

Joaquim Mendoza (PSD), o único vereador da oposição eleito tem ajudado a maioria PS a “esconder” informação aos São-brasenses. Já vem sendo habitual que muitas das questões e preocupações dos são-brasenses difundidas nos diversos meios de comunicação sejam apresentadas nas reuniões de câmara pelo PSD local no sentido de obter explicações por parte da edilidade. Também se está a tornar habito que as explicações dadas pela edilidade acerca dos mais diversos assuntos sejam feitas “à margem” das reuniões, na maioria das vezes não são transcritas para as actas da reunião a pedido do presidente da câmara com a concordância do vereador PSD. É só para se evitarem os “mexericos” justifica Joaquim Mendonza.

MotoMans Inaugura Sede/Bar


O MotoMans, Moto Club são-brasense que se tornou conhecido a nível nacional pelo seu lema “devagar, devagarinho para não partires o focinho!” e pela particularidade de "ter mota" não ser requisito para os seus membros, inaugurou em meados do mês de Novembro a sua Sede/Bar. A inauguração deste espaço situado na Urbanização Azinheira, junto da Azinheira Património Nacional, contou com a presença do Vice-Presidente da Autarquia.



Inauguração surpreende moradores

Surpreendidos com a inauguração de um bar nas lojas da Urbanização, os moradores mostram-se indignados. “Foi tudo feito a correr! Chegaram aqui com o material em cima da carrinha, descarregaram as máquinas no final da tarde e à noite houve logo a inauguração! Nós nem demos conta!” conta-nos uma vizinha. A indignação dos moradores prende-se com as alegadas irregularidades que apresenta a abertura da Sede/Bar do MotoMans nesse espaço.

As alegadas irregularidades passam pela falta das habituais licenças e vistorias necessárias para regularizar o funcionamento deste espaço. “As lojas da Urbanização Azinheira não podem ser ocupadas com Bares”, diz-nos um dos moradores agitando uma fotocópia da acta de reunião de condóminos, “ Está aqui! Desde que tivemos imensos problemas com o Bar (N2) que funcionou durante anos na outra loja do prédio, não queríamos passar por isso outra vez”. Revoltado este morador confessa não entender como foi possível a abertura do Bar neste local, “Existem registos na Conservatória que dizem que este espaço é uma loja e não um bar! Aqui na zona, não houve quem tivesse dado conta que se preparavam para abrir um bar, nem ninguém viu aparecer aqui ninguém da Câmara para fazer vistoria ao bar antes de abrir!”.

Atitude da Câmara indigna moradores

Chamado ao local para constatar a indignação dos moradores, o presidente da Câmara Municipal, Eng.º António Eusébio mostra desconhecimento sobre a abertura do bar deixando ainda mais revoltados alguns dos presentes. “Como é possível que o Sr. Presidente não saiba que abriu aqui um bar, se o próprio vice-presidente da câmara, Sr. Vítor Guerreio esteve presente na inauguração?!” perguntava uma moradora.

Segundo a mesma moradora, o bar não reúne as condições para obter a licença de funcionamento, alegando que “por exemplo, não existem instalações sanitárias, nem condições de higiene e segurança” exigidas por lei para a abertura destes espaços.

Os moradores e vizinhos do prédio queixam-se também do barulho a que estão sujeitos desde a abertura do bar. “Ninguém consegue dormir descansado e como se isso não bastasse a GNR quando chamada ao local não faz absolutamente nada” queixa-se um dos moradores do prédio.

A Câmara Municipal, não faz quaisquer declarações.

Creative Commons License

Estado do Tempo, Gralheira, SB Alportel

E-mail

Firefox 2

Firefox 2

Solidariedade

O nosso Clone?
  • Alma-Algarvia
  • (na versão Câmara Municipal)

  • GDC Machados
  • UDR Sambrasense
  • Grátis

    Grátis

    Depósito do Calvin

    Snoopy

    Tiras do Zero

    Locations of visitors to this page

    Firefox 2

    Get Firefox!

    Alternative Browser Alliance

    StopIE.com - Stop Internet Explorer

    Powered by Blogger

    Local Blogs - Blog Top Sites

    ecoestadistica.com